Mercado fechará em 5 h 27 min
  • BOVESPA

    109.783,59
    -167,90 (-0,15%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    53.125,01
    -210,50 (-0,39%)
     
  • PETROLEO CRU

    77,62
    -0,85 (-1,08%)
     
  • OURO

    1.891,60
    +0,90 (+0,05%)
     
  • BTC-USD

    22.724,25
    -360,22 (-1,56%)
     
  • CMC Crypto 200

    523,63
    -13,26 (-2,47%)
     
  • S&P500

    4.117,86
    -46,14 (-1,11%)
     
  • DOW JONES

    33.949,01
    -207,68 (-0,61%)
     
  • FTSE

    7.944,19
    +59,02 (+0,75%)
     
  • HANG SENG

    21.624,36
    +340,84 (+1,60%)
     
  • NIKKEI

    27.584,35
    -22,11 (-0,08%)
     
  • NASDAQ

    12.674,25
    +129,00 (+1,03%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,6035
    +0,0361 (+0,65%)
     

Termina o movimento retrógrado de Marte – o que isso significa?

Termina o movimento retrógrado de Marte – o que isso significa?
Termina o movimento retrógrado de Marte – o que isso significa?

No fim da tarde desta quinta-feira (12), Marte começa um processo pelo qual seu movimento para o oeste através do céu noturno é interrompido, e o astro retoma sua trajetória normal para leste, concluindo seu “laço” retrógrado – assim chamado porque, durante o curso percorrido, o planeta parece formar um laço no céu.

Composto de imagens espaçadas com cerca de 5 a 9 dias de diferença captadas em 2018, do fim de abril (inferior direito) até 5 de novembro (canto superior esquerdo), traça o movimento retrógrado de Marte, mostrando o “laço” que os planetas formam durante o movimento retrógrado. Imagem: NASA APOD/Tunc Tezel (TWAN)
Composto de imagens espaçadas com cerca de 5 a 9 dias de diferença captadas em 2018, do fim de abril (inferior direito) até 5 de novembro (canto superior esquerdo), traça o movimento retrógrado de Marte, mostrando o “laço” que os planetas formam durante o movimento retrógrado. Imagem: NASA APOD/Tunc Tezel (TWAN)

Essa inversão de direção é um fenômeno que todos os planetas do Sistema Solar sofrem periodicamente. Segundo o site In-The-Sky.org, no caso daqueles cujas órbitas são mais externas que a da Terra (Marte, Júpiter, Saturno, Urano e Netuno), isso se dá poucos meses depois de passarem pela oposição, que é quando eles estão do lado oposto do Sol em relação ao nosso planeta (que fica entre os dois corpos celestes).

Ainda de acordo com o guia de orientação do céu noturno, o reajuste de direção de Marte, que começou seu movimento retrógrado em 30 de outubro, iniciará às 17h54 (pelo horário de Brasília).

Imagem projetada do céu noturno para o momento exato em que Marte retoma seu movimento normal para leste, finalizando o ilusório ciclo retrógrado, às 17h54 desta quinta-feira (12). Imagem: Solar System Scope
Imagem projetada do céu noturno para o momento exato em que Marte retoma seu movimento normal para leste, finalizando o ilusório ciclo retrógrado, às 17h54 desta quinta-feira (12). Imagem: Solar System Scope

Leia mais:

O colunista do Olhar Digital Marcelo Zurita, presidente da Associação Paraibana de Astronomia (APA), membro da Sociedade Astronômica Brasileira (SAB) e diretor técnico da Rede Brasileira de Observação de Meteoros (BRAMON), explica que o movimento retrógrado dos planetas é apenas ilusório e é causado pelo curso da Terra em torno do Sol.

Segundo Zurita, à medida que ela circunda o astro, nossa perspectiva muda, e isso faz com que as posições aparentes dos objetos celestes se alterem de um lado para o outro no céu, o que se sobrepõe ao movimento de longo prazo do planeta em direção ao leste através das constelações.

“Por estar em uma órbita mais interna e, consequentemente, mais rápida, a Terra ultrapassa Marte a cada dois anos aproximadamente. E quando isso acontece, Marte parece estar caminhando no sentido contrário no céu por alguns dias. Isso ocorre com todos os planetas com órbitas mais externas à Terra”, descreveu. Quanto mais longe do Sol, mais tempo o planeta passa em movimento retrógrado.

A animação abaixo ilustra isso, com a flecha mostrando a linha de visão da Terra para um planeta, e o diagrama à direita mostrando o aparentemente movimento do objeto através do céu pela nossa perspectiva de visão.

Animação ilustra o conceito de “ciclo retrógrado” dos planetas. Crédito: In-The-Sky.org
Animação ilustra o conceito de “ciclo retrógrado” dos planetas. Crédito: In-The-Sky.org

Já assistiu aos novos vídeos no YouTube do Olhar Digital? Inscreva-se no canal!