Mercado abrirá em 5 h 40 min
  • BOVESPA

    129.513,62
    +1.085,64 (+0,85%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    50.558,32
    +387,54 (+0,77%)
     
  • PETROLEO CRU

    73,31
    +0,01 (+0,01%)
     
  • OURO

    1.780,10
    +3,40 (+0,19%)
     
  • BTC-USD

    34.160,54
    +1.186,38 (+3,60%)
     
  • CMC Crypto 200

    821,24
    +34,63 (+4,40%)
     
  • S&P500

    4.266,49
    +24,65 (+0,58%)
     
  • DOW JONES

    34.196,82
    +322,58 (+0,95%)
     
  • FTSE

    7.129,40
    +19,43 (+0,27%)
     
  • HANG SENG

    29.277,45
    +394,99 (+1,37%)
     
  • NIKKEI

    29.066,18
    +190,95 (+0,66%)
     
  • NASDAQ

    14.360,25
    +6,00 (+0,04%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,8696
    +0,0073 (+0,12%)
     

Termina nesta segunda prazo para entregar declaração do IR

·2 minuto de leitura
***ARQUIVO***SÃO PAULO: Reprodução de telas do programa IRPF, de declaração do Imposto de Renda, disponibilizado pela Receita Federal. (Foto: Marcelo Justo/Folhapress)
***ARQUIVO***SÃO PAULO: Reprodução de telas do programa IRPF, de declaração do Imposto de Renda, disponibilizado pela Receita Federal. (Foto: Marcelo Justo/Folhapress)

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - Termina nesta segunda-feira (31) o prazo de entrega da declaração do Imposto de Renda Pessoa Física 2021. Quem for obrigado a prestar contas ao Fisco e perder o prazo pode pagar multa que varia de R$ 165,74 a 20% do imposto devido.

O contribuinte que deixou para a última hora ou espera algum recibo para preencher a declaração pode entregar as informações que tem em mãos para evitar o pagamento de multa e, depois, enviar uma declaração retificadora.

A correção pode ser feita a qualquer momento, no programa da Receita Federal. A partir desta terça (1º), a declaração retificadora não poderá ser feita pelo mesmo programa do IR original. Será necessário entrar no site da Receita Federal e fazer um novo download.

É sempre preciso cuidado ao preencher os dados para não correr o risco de cair na malha fina. Qualquer rendimento não declarado ou declarado incorretamente faz a declaração ficar retida com a Receita.

De acordo com David Soares, consultor da IOB, o recomendável é entregar a declaração totalmente preenchida, mas se for entregar incompleta porque está faltando algum documento, o contribuinte deve declarar todos os rendimentos que recebeu em 2020.

"Se deixa de informar rendimento, quase imediatamente, cai na malha fina", afirma o especialista.

Trabalhadores com carteira assinada podem retirar o informe de rendimentos direto com a empresa.

Os informes de contas bancárias podem ser acessados pelos aplicativos dos bancos ou impressos nos caixas eletrônicos.

Quem recebeu auxílio emergencial no ano passado e teve rendimentos tributáveis acima de R$ 22.847 terá que declarar IR. O informe está disponível no site do Ministério da Cidadania.

Se for incluir alguma despesa pela retificadora, fique atento. Não será possível alterar o modelo de tributação a partir desta terça.

Caso tenha escolhido o modelo simplificado, algumas despesas podem ser superiores ao desconto de 20% sobre o total dos rendimentos tributáveis.

Em qualquer caso, preencha a declaração com os dados que possui, assim, caso o recibo esperado não chegue, não terá problemas.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos