Mercado fechado
  • BOVESPA

    118.811,74
    +1.141,84 (+0,97%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    47.352,18
    -275,49 (-0,58%)
     
  • PETROLEO CRU

    59,63
    +0,31 (+0,52%)
     
  • OURO

    1.732,60
    -12,20 (-0,70%)
     
  • BTC-USD

    59.923,89
    +19,51 (+0,03%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.283,95
    -10,64 (-0,82%)
     
  • S&P500

    4.127,99
    -0,81 (-0,02%)
     
  • DOW JONES

    33.745,40
    -55,20 (-0,16%)
     
  • FTSE

    6.889,12
    -26,63 (-0,39%)
     
  • HANG SENG

    28.453,28
    -245,52 (-0,86%)
     
  • NIKKEI

    29.538,73
    -229,33 (-0,77%)
     
  • NASDAQ

    13.824,75
    -4,75 (-0,03%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,8298
    +0,0656 (+0,97%)
     

A terapia celular para regeneração da cartilagem ganha impulso com condrócitos enriquecidos com ácido hialurônico em uma plataforma de engenharia de tecidos 3D

·3 minuto de leitura

As técnicas de tratamento ACI e MACI podem ser aprimoradas com a conquista inovadora do Edogawa Hospital, em Tóquio

A terapia regenerativa para tratar danos na articulação do joelho ganha um impulso com uma tecnologia inovadora de crescimento do tipo ideal de células de cartilagem, incluindo condroprogenitores e células-tronco mesenquimais enriquecidas com ácido hialurônico (AH), relatado pelo Dr. Shojiro Katoh, presidente do Edogawa Hospital, no jornal "The KNEE" (https://doi.org/10.1016/j.knee.2021.02.019). Pesquisadores do Edogawa Evolutionary Laboratory of Science (EELS) alcançaram esse resultado usando andaime de engenharia de tecidos 3D, sem a adição externa de AH ou fatores de crescimento. A expectativa é que essa tecnologia aprimore o resultado clínico dos tratamentos com implante de condrócitos autólogos (Autologous Chondrocyte Implantation, ACI) e com implante de condrócitos induzidos por matriz (Matrix Assisted Chondrocyte Implantation, MACI).

Este comunicado de imprensa inclui multimédia. Veja o comunicado completo aqui: https://www.businesswire.com/news/home/20210309005464/pt/

Edogawa Hospital team that accomplished a novel feat of regenerating osteoarthritis affected knee cartilage tissue through tissue engineering into clinically transplant-worthy chondrocytes enriched with hyaluronic acid, expressing chondroprogenitors; Sitting L>R: Dr. Shojiro Katoh (President), Dr. Masahiro Katoh (Chairman), Mr. Ryuzaburo Katoh (Director); Standing L>R; Other members of the team: Ms. Takako Fujisaki, Ms. Ayumi Mitsuhashi & Ms. Junko Tomioka. (Photo: Business Wire)

As aplicações da medicina regenerativa para o reparo da cartilagem articular requerem o crescimento de condrócitos retirados da própria articulação do paciente, no laboratório, seguido de transplante para a parte afetada pela doença, permitindo restaurar, substituir, rejuvenescer ou regenerar a cartilagem em procedimentos ACI ou MACI, praticados por ortopedistas e cirurgiões artroscópicos em todo o mundo. O ambiente laboratorial faz com que vários condrócitos cresçam simultaneamente como fibrocartilagem, enquanto a cartilagem hialina é o tipo ideal de tecido necessário, o que contribui para a função de sustentação de peso da articulação. Tendo comprovado o crescimento da cartilagem hialina in vitro (https://doi.org/10.1016/j.reth.2020.03.006) e sua eficácia in vivo (https://doi.org/10.1016/j.jor.2017.01.003), a equipe do EELS já provou que células-tronco como progenitoras e mesenquimais que residem na cartilagem humana podem ser cultivadas sem reprogramação artificial ou proteínas animais ou camadas alimentadoras (feeder layers) (https://doi.org/10.1016/j.jor.2021.01.005).

O hialurano (AH) é essencial na matriz para a homeostase da cartilagem, que é injetada para tratar danos à cartilagem em clínicas e no laboratório, com fontes externas agregadas para ajudar na cultura de condrócitos. Ao contrário, a equipe do Dr. Katoh usou um andaime de polímero que retém o AH secretado pelos condrócitos para aumentar seu crescimento como tecido, resultando em maior conteúdo de AH. Esse é mais um marco na medicina regenerativa, pois produz condrócitos mais adequados para transplante clínico com potencial de melhor cicatrização e agregação de valor aos procedimentos ACI e MACI existentes, após validação clínica relevante.

Outros estudos sobre miRNA-140, outro componente essencial da cartilagem, e sobre as capacidades antienvelhecimento da tecnologia estão em andamento para tratar doenças articulares debilitantes que afetam milhões de pessoas em todo o mundo com o método chamado "EELS-TALC" (Enriched with Essentials and Lapped in Scaffold, Transplant-suitable Autologous Leveraged Chondrocytes) em colaboração entre o EELS, a JBM Inc. e a GN Corporation.

O texto no idioma original deste anúncio é a versão oficial autorizada. As traduções são fornecidas apenas como uma facilidade e devem se referir ao texto no idioma original, que é a única versão do texto que tem efeito legal.

Ver a versão original em businesswire.com: https://www.businesswire.com/news/home/20210309005464/pt/

Contacts

Samuel JK Abraham
info@gncorporation.com