Mercado abrirá em 7 h 48 min

Ter plantas em casa pode melhorar o humor e até a saúde, dizem estudos

Durante o isolamento social da pandemia de covid-19, muitas pessoas recorreram ao cuidado de casa para manter a saúde mental em dia, especialmente o das plantas: cuidar, vê-las crescer e aumentar o jardim pode ser muito terapêutico, e todos conhecemos um jardineiro caseiro amador. Mas até que ponto as plantinhas podem ajudar no nosso humor? Através de diversos estudos, a ciência pode trazer a resposta.

As plantas e os humanos têm uma conexão natural, assim como com outros seres vivos: pelo menos é o que diz a hipótese da biofilia, popularizada em 1984. Mais de três décadas de pesquisas buscaram entender a veracidade da teoria, e ao menos até agora, descobrimos que as plantas melhoram nossa saúde psicológica e física, e mais, diminuem nossas emoções negativas.

Aquela plantinha caseira que dá tanto prazer em cuidar pode ser um grande aliado na sua saúde, segundo a ciência (Imagem: twenty20photos/Envato)
Aquela plantinha caseira que dá tanto prazer em cuidar pode ser um grande aliado na sua saúde, segundo a ciência (Imagem: twenty20photos/Envato)

Como as plantas melhoram o humor?

Você já deve ter ouvido alguém falar que a natureza é relaxante, que ajuda a aliviar o estresse e esquecer alguma tragédia da vida. Especialmente agora que passamos muito tempo dentro de casa, isso é bem verdade. Um estudo de 2013 verificou até mesmo a velocidade dessa ajuda: menos de 20 minutos depois de ficarmos próximos de plantas, mais especificamente.

Pesquisadores colocaram voluntários em salas por 5 a 10 minutos, uma delas com algumas plantas caseiras e outra sem nenhuma delas. Os que ficaram perto das plantas se sentiram melhor, e, em outro estudo, a sensação foi de maior paz e positividade após 15 minutos junto a uma planta alta (1,5 m) em comparação a outros objetos.

E segundo os cientistas, a questão não é só visual: o cheiro e o toque das plantas também ajuda na sensação de bem-estar. As plantas dão uma sensação de escape, e segundo um estudo conduzido durante a pandemia, pessoas que conviveram com elas dentro de casa tiveram menos sintomas de depressão e ansiedade. Os relatos são de que elas trazem sentimentos de "distância" das demandas sociais e físicas.

As plantas pode diminuir a pressão sanguínea e o ritmo cardíaco, além de aliviar o estresse e nos fazer sentir distantes (Imagem: Fábio Jordan/Canaltech)
As plantas pode diminuir a pressão sanguínea e o ritmo cardíaco, além de aliviar o estresse e nos fazer sentir distantes (Imagem: Fábio Jordan/Canaltech)

E elas reduzem o estresse também — em um estudo envolvendo jovens adultos, eles se sentiram melhor ao replantar e transplantar uma planta caseira do que realizando uma tarefa no computador. Medições na pressão sanguínea notaram uma redução nesses índices nas pessoas que lidaram com plantas, sugerindo que elas podem acalmar a resposta "bater-ou-correr" do corpo.

Atividades cansativas e repetitivas, como o trabalho, podem levar à fadiga mental e emoções negativas que afetam a nossa atenção. Ver uma planta pode despertar nosso interesse, redirecionar a atenção e restaurar nossa fortitude mental — é a teoria da restauração da atenção. Mas você que ficou interessado deve estar se perguntando: quantas plantas devo comprar, então? Bem, depende.

Como escolher plantas caseiras?

Não há fórmulas mágicas de acordo com a ciência, mas algumas linhas-guia podem ser seguidas na hora de escolher sua plantinha de estimação. Estudos indicam que 5 ou mais plantas pequenas já ajudam bastante em nosso humor, ou uma planta alta de pelo menos 1,5 m, ou pelo menos 3 flores.

Quanto a cor, estudos com heras mostraram que folhas mais verde-amareladas ou verde-brilhantes traziam sensações boas e relaxamento, enquanto verde-esbranquiçadas estimulavam mais emoções negativas. Em questão de flores, as roxas, verdes, vermelhas e rosas contribuem para diminuir a pressão sanguínea e ritmo cardíaco, mas roxo e verde relaxam mais.

E as plantas artificiais? Bem, segundo estudos, qualquer verde no ambiente já ajuda, mesmo que seja uma mera fotografia de uma planta. Mesmo assim, as reais causam um efeito maior do que as falsas, assim como com as flores. Isso é provavelmente causado pelas reações que temos a outros estímulos além do visual, como toque e cheiro, por exemplo.

O indicado é ter pelo menos 5 plantas pequenas em casa ou uma alta, de 1,5 m de altura (Imagem: seventyfourimages/Envato)
O indicado é ter pelo menos 5 plantas pequenas em casa ou uma alta, de 1,5 m de altura (Imagem: seventyfourimages/Envato)

Embora poucos estudos tenham sido feitos em relação ao lugar onde a planta é colocada, recomenda-se que ela fique a no mínimo 3 metros de onde você está. A maioria das pessoas as coloca em salas, quartos e, às vezes, cozinhas. Com o crescimento do home office, é bom pensar em colocar algumas plantinhas onde você trabalha, também.

É bom lembrar que muitos dos estudos que comentamos foram feitos em ambientes controlados — ou seja, não simulam tão bem o ambiente do lar — e reportam apenas efeitos temporários das plantas, não considerando efeitos de longo termo. Em adultos mais velhos ou ambientes menos favorecidos, as reações podem ser diferentes. Ainda assim, com tantos dados apontando para os efeitos positivos das plantinhas caseiras, fica difícil não recomendar um jardim particular.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech:

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos