Mercado fechado
  • BOVESPA

    111.923,93
    +998,33 (+0,90%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    51.234,37
    -223,18 (-0,43%)
     
  • PETROLEO CRU

    80,34
    -0,88 (-1,08%)
     
  • OURO

    1.811,40
    -3,80 (-0,21%)
     
  • BTC-USD

    17.028,08
    +90,28 (+0,53%)
     
  • CMC Crypto 200

    404,33
    +2,91 (+0,72%)
     
  • S&P500

    4.071,70
    -4,87 (-0,12%)
     
  • DOW JONES

    34.429,88
    +34,87 (+0,10%)
     
  • FTSE

    7.556,23
    -2,26 (-0,03%)
     
  • HANG SENG

    18.675,35
    -61,09 (-0,33%)
     
  • NIKKEI

    27.777,90
    -448,18 (-1,59%)
     
  • NASDAQ

    11.979,00
    -83,75 (-0,69%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,4940
    +0,0286 (+0,52%)
     

Ter plantas dentro de casa realmente melhora a qualidade do ar?

Ter plantas dentro de casa realmente melhora a qualidade do ar? Por enquanto, a maioria das evidências científicas sobre o assunto remetem a um estudo da NASA de 1989, em que os cientistas estavam investigando a capacidade das plantas de remover substâncias químicas nocivas do ar de ambientes fechados, como estações espaciais.

Nas residências e nos escritórios, as substâncias químicas nocivas costumam derivar de tintas, vernizes, móveis, tapetes e impressoras. O estudo descobriu que, em um período de 24 horas, várias espécies de plantas podem remover até 70% de um ou mais dos três compostos testados. Só que os resultados não se traduzem bem em uma casa ou escritório típico.

Em 2019, pesquisadores revisaram os dados da NASA , juntamente com outros 11 estudos, e concluíram que os experimentos normalmente usavam ventiladores para espalhar substâncias sobre as plantas e filtros de carbono para coletá-los, algo difícil de se reproduzir num ambiente doméstico.

Especialistas investigam se plantas dentro de casa realmente melhoram a qualidade do ar (Imagem: twenty20photos/Envato)
Especialistas investigam se plantas dentro de casa realmente melhoram a qualidade do ar (Imagem: twenty20photos/Envato)

Além disso, nos estudos as plantas foram colocadas em pequenas câmaras seladas. Mas os prédios em que vivemos e trabalhamos nunca estão selados dessa forma. Então os resultados remetem a uma estimativa difícil de se cumprir: você precisaria espremer entre 10 e 1 mil plantas em cada metro quadrado de sua casa para se aproximar das taxas de remoção de substâncias que já ocorrem por meio da troca passiva de ar interno-externo.

Mas isso não quer dizer que não haja benefício em ter uma planta dentro de casa. Segundo a pesquisa, elas ajudam a regular a umidade e podem melhorar o humor e até aumentar a produtividade. De qualquer forma, a recomendação dos especialistas é comprar um purificador de ar com filtro de alta qualidade e manter as janelas sempre abertas.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech: