Mercado fechará em 4 h 46 min
  • BOVESPA

    106.834,46
    -1.880,09 (-1,73%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    51.928,76
    +94,96 (+0,18%)
     
  • PETROLEO CRU

    83,70
    -0,06 (-0,07%)
     
  • OURO

    1.789,30
    -17,50 (-0,97%)
     
  • BTC-USD

    62.050,65
    -1.158,46 (-1,83%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.490,19
    -14,96 (-0,99%)
     
  • S&P500

    4.593,64
    +27,16 (+0,59%)
     
  • DOW JONES

    35.845,25
    +104,10 (+0,29%)
     
  • FTSE

    7.275,04
    +52,22 (+0,72%)
     
  • HANG SENG

    26.038,27
    -93,76 (-0,36%)
     
  • NIKKEI

    29.106,01
    +505,60 (+1,77%)
     
  • NASDAQ

    15.641,50
    +145,75 (+0,94%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,4564
    +0,0201 (+0,31%)
     

Tentativas de fraudes contra serviços financeiros cresceram 612% no Brasil

·2 minuto de leitura

Com a chegada da pandemia, muitas pessoas deixaram de se deslocar para agências bancárias e passaram a usar o celular ou o desktop para realizar movimentações financeiras. Ao mesmo tempo que essa transformação digital trouxe mais comodidade aos clientes, ela também despertou a atenção de criminosos interessados em lucrar com golpes.

Segundo uma pesquisa realizada pela TransUnion, as tentativas de fraudes digitais contra empresas de serviços financeiros aumentaram em 612% no Brasil durante os quatro primeiros meses de 2021. O país fica a frente de uma tendência mundial, que registrou um aumento médio de 149% no número de tentativas de ataques registradas durante o período.

Imagem: Captura de Tela/Canaltech
Imagem: Captura de Tela/Canaltech

O estudo afirma que o principal tipo de fraude a atingir o setor financeiro brasileiro é o roubo de identidades, usadas para cometer ações ilegais e prejudicando pessoas reais. Em segundo lugar surge a fraude de cadastro, enquanto a terceira posição é ocupada pela apropriação indevida de contas.

Fraudes exigem mais investimento em segurança

Não é somente o setor financeiro que sofre com a ação de criminosos: tentativas de fraude em todos os setores aumentaram em 24% em todo o mundo. O Brasil novamente registra números acima da média nesse sentido, com uma frequência de tentativas que aumentou em 53% em comparação com os últimos quatro meses de 2020.

“A taxa de tentativas de fraude está aumentando globalmente, especialmente no setor de serviços financeiros, porque os fraudadores entendem que é onde ocorrem as transações de maior valor”, explica Shai Cohen, vice-presidente sênior de Soluções de Fraude Global da TransUnion.

Embora grupos do setor financeiro tenham investido mais recursos em soluções de segurança, a TransUnion afirma que ainda não é a hora de relaxar. À medida que a economia começar a se abrir e a ter um desempenho melhor, as movimentações do setor financeiro devem se intensificar e exigir ambientes seguros, para preservar tanto consumidores quanto empresas.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech:

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos