Mercado fechado
  • BOVESPA

    121.800,79
    -3.874,54 (-3,08%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    50.868,32
    -766,28 (-1,48%)
     
  • PETROLEO CRU

    73,81
    +0,19 (+0,26%)
     
  • OURO

    1.816,90
    -18,90 (-1,03%)
     
  • BTC-USD

    41.394,72
    +2.301,55 (+5,89%)
     
  • CMC Crypto 200

    955,03
    +5,13 (+0,54%)
     
  • S&P500

    4.395,26
    -23,89 (-0,54%)
     
  • DOW JONES

    34.935,47
    -149,06 (-0,42%)
     
  • FTSE

    7.032,30
    -46,12 (-0,65%)
     
  • HANG SENG

    25.961,03
    -354,29 (-1,35%)
     
  • NIKKEI

    27.283,59
    -498,83 (-1,80%)
     
  • NASDAQ

    14.966,50
    -71,25 (-0,47%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,1880
    +0,1475 (+2,44%)
     

Tencent vai usar reconhecimento facial para bloquear que menores joguem de madrugada

·2 minuto de leitura
Tencent vai usar reconhecimento facial para bloquear que menores joguem de madrugada
Tencent vai usar reconhecimento facial para bloquear que menores joguem de madrugada

A Tencent Games vai implementar uma tecnologia de reconhecimento facial para impedir que usuários menores de 18 anos joguem os seus títulos de madrugada. De acordo com a produtora chinesa por trás de títulos como League of Legends: Wild Rift e PUBG Mobile, o software batizado de “Midnight Patrol” identificará os hábitos dos usuários e, caso confirmada a infração, desconectará o jogador automaticamente da plataforma.

Segundo a Tencent, a criação de uma tecnologia de reconhecimento facial de jogadores decorre da proibição chinesa de que menores de idade joguem videogame durante a madrugada. Em 2019, o país criou uma legislação específica para coibir que usuários passassem tempo demais jogando. Além disso, nas partidas noturnas, menores de 18 anos só podem jogar por 90 minutos em dias de semana, além de terem limites estipulados para os gastos em micro transações.

Como funciona a tecnologia

A Tencent explica que a tecnologia de reconhecimento facial utilizará um banco de dados de contas registradas com nomes reais que possuem histórico de partidas noturnas. Os rostos serão comparados com um banco de dados do governo que é ligado ao sistema de previdência social do país.

O software começou a ser desenvolvido em 2018 e passou por uma rodada de testes com jogadores de Honor of Kings. Curiosamente, durante os testes, a Tencent relatou que muitos jogadores tentaram burlar a tecnologia colocando os avós para falar com o serviço de atendimento ao cliente da empresa.

Ainda de acordo com a produtora, adultos que forem expulsos por engano da plataforma poderão recorrer com uma nova digitalização dos seus jogos, e aqueles que se recusarem em atualizar o cadastro serão removidos permanentemente das plataformas. Pelo visto, eles estão levando a coisa muito a sério.

Atualmente a Tencent pode ser considerada a principal empresa de jogos mobile do mundo. Dona de diversos outros estúdios, ela está por trás de gigantes do mercado como a Riot, de League of Legends, e os estúdios TiMi, de Call of Duty: Mobile e Pokémon Unite.

Via Giant Bomb

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos