Mercado fechado
  • BOVESPA

    121.800,79
    -3.874,54 (-3,08%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    50.868,32
    -766,28 (-1,48%)
     
  • PETROLEO CRU

    73,81
    +0,19 (+0,26%)
     
  • OURO

    1.812,50
    -18,70 (-1,02%)
     
  • BTC-USD

    41.746,42
    +160,08 (+0,38%)
     
  • CMC Crypto 200

    955,03
    +5,13 (+0,54%)
     
  • S&P500

    4.395,26
    -23,89 (-0,54%)
     
  • DOW JONES

    34.935,47
    -149,06 (-0,42%)
     
  • FTSE

    7.032,30
    -46,12 (-0,65%)
     
  • HANG SENG

    25.961,03
    -354,29 (-1,35%)
     
  • NIKKEI

    27.283,59
    -498,83 (-1,80%)
     
  • NASDAQ

    14.966,50
    -71,25 (-0,47%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,1880
    +0,1475 (+2,44%)
     

Tempestade tropical Elsa adia retorno de espaçonave de carga da SpaceX

·2 minuto de leitura
Tempestade tropical Elsa adia retorno de espaçonave de carga da SpaceX
Tempestade tropical Elsa adia retorno de espaçonave de carga da SpaceX

O retorno de uma espaçonave de carga Dragon, que atualmente está acoplada à Estação Espacial Internacional (ISS), foi adiado devido a uma tempestade tropical chamada Elsa. Atualmente próxima do litoral da Flórida, ela está causando chuvas intensas, ventos fortes e marés de tempestade, o que torna a operação de recuperação da cápsula insegura.

Originalmente, a Dragon deveria ter deixado a ISS nesta terça-feira (6). Mas segundo a previsão mais recente da Agência Espacial Norte-Americana (Nasa), a partida não deve acontecer antes das 11h35 (horário de Brasília) da manhã de quinta-feira (8), se as condições climáticas permitirem. Se tudo correr como programado, ela será transmitida pelo canal da Nasa no YouTube a partir das 11h.

Leia mais:

A Dragon chegou à ISS em 5 de junho, com 3,3 toneladas de água, comida e experimentos científicos a bordo. Entre a carga estavam os novos painéis solares (iROSA) que foram instalados na estação pelos astronautas Thomas Pesquet (da Agência Espacial Europeia, ESA) e Shane Kimbrough (Nasa) durante uma série de caminhadas no espaço.

Na volta, a cápsula tratá 2,3 toneladas de material, incluindo experimentos que testam a atividade de bactérias orais no espaço e a eficácia de medicamentos que melhoram o desempenho muscular.

O engenheiro de voo Victor Glover, da Nasa, em caminhada espacial durante reparo na Estação Espacial Internacional. Imagem: Nasa/Divulgação
O engenheiro de voo Victor Glover, da Nasa, em caminhada espacial durante reparo na Estação Espacial Internacional. Imagem: Nasa/Divulgação

A Dragon é atualmente a única espaçonave que pode ser usada para retorno seguro de amostras à Terra. Outras espaçonaves de carga, como a Cygnus, são projetadas para “queimar” na reentrada na atmosfera. Por isso são carregadas com lixo na viagem de volta, que é incinerado junto com a espaçonave.

A próxima missão tripulada da SpaceX à ISS, chamada Crew-3, está programada para 31 de outubro deste ano. A bordo estarão os astronautas norte-americanos Raja Chari, Thomas Marshburn e Kayla Barron, da Nasa, e o alemão Matthias Maurer, da ESA.

Antes disso a SpaceX deve lançar sua primeira missão orbital totalmente privada, chamada Inspiration 4. Financiada pelo bilionário Jared Isaacman, ela levará Isaacman, Sian Proctor, Hayley Arceneaux e Christopher Sembroski em uma jornada de três dias em órbita da Terra.

Já assistiu aos nossos novos vídeos no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos