Mercado fechado

Telescópio TESS identifica dupla de exoplanetas rochosos a 32 anos-luz de nós

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
Neste artigo:
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.

Dois exoplanetas foram detectados na órbita da estrela HD 260655, localizada a cerca de 32,6 anos-luz de nós. A descoberta foi realizada por uma equipe de astrônomos liderada por Rafael Luque, da Universidade de Chicago, que confirmou a existência dos exoplanetas através de sinais de trânsito (nome dado à passagem do planeta em frente à sua estrela), detectados pelo telescópio espacial Transiting Exoplanet Survey Satellite (TESS).

O exoplaneta HD 260655b, o mais próximo da estrela, tem raio aproximadamente 1,24 vezes maior que o da Terra e é quase 2,14 vezes mais massivo que nosso planeta. Ele orbita a estrela a cada 2,77 dias, a uma distância de quase 0,03 unidades astronômicas. Sua temperatura de equilíbrio parece ser de 709 K (ou 435,85 ºC).

Estrela HD 260655 observada pelo TESS (Imagem: Reprodução/Luque et al, 2022)
Estrela HD 260655 observada pelo TESS (Imagem: Reprodução/Luque et al, 2022)

Já o HD 260655c é maior e mais massivo que seu vizinho. Os resultados mostram que este mundo tem raio 1,53 vezes maior que o da Terra, com quase 3,09 vezes a massa do nosso planeta. Este mundo está a 0,047 unidades astronômicas de sua estrela, tem período orbital de 5,7 dias e temperatura de equilíbrio de 557 K (283,85 ºC).

Vale lembrar que uma unidade astronômica (UA) equivale à distância entre a Terra e o Sol, que é de aproximadamente 150 milhões de quilômetros

Por fim, a estrela HD260655 é 56% menor e menos massiva que o Sol, e parece ter entre dois e oito bilhões de anos. Com base na densidade dos planetas, os autores concluíram que ambos têm composição rochosa — mas, enquanto HD 260655b tem densidade de acordo com a da Terra, a densidade de HD 260655c é maior e sugere composição interna com ferro e silicatos.

A dupla de mundos foi encontrada com o telescópio espacial TESS, que está estudando cerca de 200 mil das estrelas mais brilhantes próximas do Sol em busca de exoplanetas. Até o momento, mais de 5 mil candidatos foram encontrados, sendo que 205 já foram confirmados. Para os autores, a descoberta torna HD 260655 o quarto sistema planetário mais próximo já encontrado com trânsitos múltiplos.

O artigo com os resultados do estudo foi publicado no repositório online arXiv, sem revisão de pares.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech:

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos