Mercado abrirá em 24 mins
  • BOVESPA

    100.763,60
    +2.091,34 (+2,12%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    48.294,83
    +553,33 (+1,16%)
     
  • PETROLEO CRU

    110,89
    +1,32 (+1,20%)
     
  • OURO

    1.824,80
    0,00 (0,00%)
     
  • BTC-USD

    20.983,96
    -262,95 (-1,24%)
     
  • CMC Crypto 200

    458,77
    -3,03 (-0,66%)
     
  • S&P500

    3.900,11
    -11,63 (-0,30%)
     
  • DOW JONES

    31.438,26
    -62,42 (-0,20%)
     
  • FTSE

    7.350,94
    +92,62 (+1,28%)
     
  • HANG SENG

    22.418,97
    +189,45 (+0,85%)
     
  • NIKKEI

    27.049,47
    +178,20 (+0,66%)
     
  • NASDAQ

    12.063,75
    +23,25 (+0,19%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,5042
    -0,0399 (-0,72%)
     

Telegram lançará serviço pago, diz fundador

Por Chavi Mehta

BENGALURU (Reuters) - O aplicativo de mensagens Telegram lançará um plano de assinatura para seus usuários este mês, disse Pavel Durov, fundador da empresa, nesta sexta-feira.

Os usuários que optarem pelo Telegram Premium terão um limite maior para bate-papos, mídia e uploads de arquivos, disse Durov em uma publicação em blog.

"A única maneira de permitir que nossos fãs mais exigentes obtenham mais, mantendo nossos recursos existentes gratuitos, é tornar esses limites maiores uma opção paga", disse ele.

O aplicativo, juntamente com a ferramenta de mensagens Signal, viu um aumento no número de usuários após preocupações com a privacidade relacionadas ao seu maior rival, o WhatsApp, de propriedade da Meta. Atualmente, o Telegram tem 500 milhões de usuários ativos mensais e é um dos 10 aplicativos mais baixados do mundo, segundo seu site.

Durov disse que o movimento para oferta de uma assinatura paga foi para garantir que o Telegram continue sendo financiado principalmente por seus usuários e não por anunciantes.

(Por Chavi Mehta)

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos