Mercado fechado
  • BOVESPA

    112.361,54
    -3.306,24 (-2,86%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    44.348,94
    -802,44 (-1,78%)
     
  • PETROLEO CRU

    63,45
    +0,23 (+0,36%)
     
  • OURO

    1.770,30
    -27,60 (-1,54%)
     
  • BTC-USD

    48.941,10
    -177,81 (-0,36%)
     
  • CMC Crypto 200

    979,61
    -15,05 (-1,51%)
     
  • S&P500

    3.829,34
    -96,09 (-2,45%)
     
  • DOW JONES

    31.402,01
    -559,85 (-1,75%)
     
  • FTSE

    6.651,96
    -7,01 (-0,11%)
     
  • HANG SENG

    30.074,17
    +355,93 (+1,20%)
     
  • NIKKEI

    30.168,27
    +496,57 (+1,67%)
     
  • NASDAQ

    12.857,00
    -445,00 (-3,35%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,7298
    +0,1593 (+2,42%)
     

Telegram agora pode importar conversas de WhatsApp e outros mensageiros

Rubens Eishima
·1 minuto de leitura

A atualização 7.4 do Telegram para iPhone incluiu uma novidade importante: a opção de importar mensagens de conversas do WhatsApp. O recurso foi listado no histórico de alterações do app, que logo em seguida foi atualizado para a versão 7.4.1. A importação não é exclusiva do WhatsApp, sendo compatível ainda com outros apps de mensagem como Line e KakaoTalk.

A novidade pode servir como mais um atrativo para tomar usuários do líder entre os mensageiros, envolvido em uma polêmica após o anúncio das novas regras de privacidade. Apesar do adiamento das novas políticas de uso do WhatsApp, serviços como o Telegram, Signal e até o antigo ICQ registraram aumento de uso nas últimas semanas.

O funcionamento do recurso é feito de maneira individual por contato ou grupo, aproveitando o recurso de exportação de mensagens do WhatsApp. Basta acessar a tela de perfil e tocar na opção “Exportar conversa” — o processo gera um arquivo com o histórico do chat, que pode ser compartilhado com outros aplicativos.

No Telegram, o app vai perguntar com qual perfil o usuário gostaria de associar as mensagens importadas, que podem incluir ainda fotos e outras mídias, dependendo as configurações de exportação no WhatsApp.

As mensagens trazidas do “Zap” recebem uma marcação de que foram importadas, e não oferecem uma garantia de veracidade, já que podem ter sido adulteradas antes do processo de migração.

Apesar de estar disponível no aplicativo para iOS, não há indicações de quando o recurso de importação será oferecido no Telegram para Android.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech: