Mercado abrirá em 8 h 47 min
  • BOVESPA

    111.439,37
    -2.354,63 (-2,07%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    51.307,71
    -884,59 (-1,69%)
     
  • PETROLEO CRU

    71,44
    -0,53 (-0,74%)
     
  • OURO

    1.745,70
    -5,70 (-0,33%)
     
  • BTC-USD

    45.461,25
    -2.502,38 (-5,22%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.134,21
    -91,32 (-7,45%)
     
  • S&P500

    4.432,99
    -40,76 (-0,91%)
     
  • DOW JONES

    34.584,88
    -166,42 (-0,48%)
     
  • FTSE

    6.963,64
    -63,84 (-0,91%)
     
  • HANG SENG

    23.959,45
    -961,31 (-3,86%)
     
  • NIKKEI

    30.500,05
    +176,75 (+0,58%)
     
  • NASDAQ

    15.237,75
    -88,25 (-0,58%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,1873
    -0,0121 (-0,20%)
     

Telegram agora permite lives sem limite no número de espectadores

·2 minuto de leitura

O Telegram mirou em ser um aplicativo de bate-papo, mas acertou em ser uma rede social completa. Agora, um dos maiores rivais do WhatsApp no mundo está pronto para lançar o suporte a transmissões de vídeo ao vivo na versão 8.0, disponível para iOS e Android. Os usuários poderão executar suas lives para um número ilimitado de espectadores — antes, o máximo eram mil pessoas —, terão mais opções de encaminhamento de mensagens e contarão com um atalho para alternar mais rapidamente entre canais.

Com o fim da limitação de visualizadores, o Telegram se joga em um mercado inédito para eles até então: o de vídeos ao vivo. Diferentemente de outras soluções, o app permite que até 30 usuários transmitam simultaneamente, em uma imensa rede de conteúdo interligada.

Essa adição pode fazer com que o programa ocupe o espaço de serviços voltados para videoconferências, como o Zoom e o Meet, ambos com limitações, embora dificilmente tenha o fôlego necessário para desbancar a Twitch e o YouTube.

O suporte a canais de voz, ao estilo Clubhouse, também passa ter capacidade para "milhões" de ouvintes ao vivo, um duro golpe nos demais concorrentes, que ainda lutam para implementar o serviço. Vale lembrar que as salas de áudio só foram lançadas pelo Telegram em junho, o que demonstra uma impressionante evolução em pouco mais de dois meses.

Atalhos e aprimoramentos

Também chega na versão 8.0 uma opção para remover legendas e ocultar nomes de remetentes ao encaminhar mensagens ou mídias. Ambos são recursos importantes para preservar a privacidade das pessoas, além de dispensar a edição manual destes conteúdos.

Outra novidade é um atalho para retornar para o início de um canal ao chegar no final ou para pular a outro com mensagens não lidas. O app trouxe, ainda, ajustes na interface como um novo status ("escolhendo um sticker") e um contador de mensagens não lidas em tópicos de comentários. Os adesivos, aliás, continuam com força total no app, que receberá mais uma tonelada de figurinhas populares e animadas.

No início do ano, o Telegram divulgou ter atingido a marca de 500 milhões de usuários ativos, cerca de 25% dos 2 bilhões do WhatsApp. Na segunda-feira, outro feito notável: o app entrou para o clube dos apps com mais de 1 bilhão de downloads, o 15º programa na história a romper a barreira.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech:

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos