Mercado abrirá em 1 h 32 min
  • BOVESPA

    120.061,99
    -871,79 (-0,72%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    48.867,62
    +338,65 (+0,70%)
     
  • PETROLEO CRU

    61,00
    -0,35 (-0,57%)
     
  • OURO

    1.787,60
    -5,50 (-0,31%)
     
  • BTC-USD

    55.106,18
    -322,12 (-0,58%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.278,16
    +15,20 (+1,20%)
     
  • S&P500

    4.173,42
    +38,48 (+0,93%)
     
  • DOW JONES

    34.137,31
    +316,01 (+0,93%)
     
  • FTSE

    6.903,62
    +8,33 (+0,12%)
     
  • HANG SENG

    28.755,34
    +133,42 (+0,47%)
     
  • NIKKEI

    29.188,17
    +679,62 (+2,38%)
     
  • NASDAQ

    13.903,75
    -15,50 (-0,11%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,6502
    -0,0518 (-0,77%)
     

Telefônica Brasil faz acordo para ter fatia minoritária na Dotz

·1 minuto de leitura
.

SÃO PAULO (Reuters) - A Telefônica Brasil, dona da marca Vivo, informou nesta quinta-feira que assinou acordo vinculante com a administradora de programas de fidelidade Dotz.

Pelo acertado, a Telefônica Brasil terá o direito de receber de alguns acionistas uma fatia minoritária da Dotz, a depender do atingimento de metas acordadas.

"Através desta iniciativa, a Vivo reforça seu posicionamento como um hub de serviços digitais, alavancando-se na capilaridade de seus canais de venda e força da marca, para oferecer serviços e benefícios a seus clientes em diferentes áreas, além de aumentar a participação da companhia em negócios de alto valor", afirmou a Telefônica Brasil.

O anúncio ocorre pouco mais de um mês após a Dotz, que opera programas de recompensas em parceria com emissores de cartão de crédito, supermercados e farmácias, ter pedido registro para uma oferta inicial de ações (IPO, na sigla em inglês).

Com sede em Belo Horizonte (MG), a Dotz afirmou então que pretendia usar os recursos do IPO para comprar empresas e desenvolver seus negócios.

(Por Aluisio Alves)