Mercado fechado

Telefónica da Espanha tem prejuízo no trimestre com custo de reestruturação

Ivan Ryngelblum

Resultado líquido ficou negativo em 443 milhões de euros, ante lucro de 1,1 bilhão de euros no mesmo período de 2018 A espanhola Telefónica divulgou nesta terça-feira que registrou prejuízo líquido no terceiro trimestre de 2019 depois de seus custos de reestruturação no período superarem 1 bilhão de euros.

A companhia apresentou um prejuízo líquido trimestral de 443 milhões de euros, ante lucro de 1,1 bilhão de euros no mesmo período do ano passado. O resultado foi afetado em 1,4 bilhão de euros por custos de reestruturação, informou a Telefónica.

Excluindo os custos de reestruturação, ganhos de capital e outros itens não recorrentes, a companhia registrou lucro de 806 milhões de euros.

A receita subiu 1,7%, para 12 bilhões de euros. De acordo com a empresa, o câmbio teve um efeito negativo de 2 pontos percentuais (p.p.) na receita, por conta da desvalorização do peso argentino em relação ao euro. A comparação com o real, segundo a empresa, melhorou ante o segundo trimestre. Excluindo a taxa de câmbio, a receita cresceu 3,4%.

A empresa informou que internet banda larga e outros serviços responderam por 55% da receita, alta de 2,0 p.p., enquanto a representatividade da parte de serviços de voz e acesso caiu em 3 p.p., respondendo por menos de um terço do total.

Telefônica Brasil tem maior alta da receita em 3 anos, diz presidente

A receita com as operações na Espanha subiu 1%, para 3,2 bilhões de euros. As operações brasileiras tiveram um avanço de 7% de receita, a 2,5 bilhões de euros. Excluindo o efeito cambial, a alta foi de 2,6%, a maior dos últimos 15 trimestres. Segundo a companhia, o resultado é fruto da maior receita com serviços móveis, que subiram 6,6% em termos orgânicos.

A despesa financeira líquida somou 540 milhões de euros, acima dos 209 milhões de euros do trimestre encerrado em setembro de 2018, quando a empresa foi beneficiada com o ganho do direito de exclusão do ICMS da base de cálculo do PIS/Cofins.