Mercado abrirá em 1 h 21 min
  • BOVESPA

    100.774,57
    -1.140,88 (-1,12%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    50.007,16
    +308,44 (+0,62%)
     
  • PETROLEO CRU

    67,03
    +1,46 (+2,23%)
     
  • OURO

    1.774,90
    -9,40 (-0,53%)
     
  • BTC-USD

    56.642,73
    -321,16 (-0,56%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.444,98
    -24,11 (-1,64%)
     
  • S&P500

    4.513,04
    -53,96 (-1,18%)
     
  • DOW JONES

    34.022,04
    -461,68 (-1,34%)
     
  • FTSE

    7.119,53
    -49,15 (-0,69%)
     
  • HANG SENG

    23.788,93
    +130,01 (+0,55%)
     
  • NIKKEI

    27.753,37
    -182,25 (-0,65%)
     
  • NASDAQ

    15.918,50
    +48,75 (+0,31%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,4085
    -0,0383 (-0,59%)
     

Telecom Italia lidera ganhos no índice STOXX 600 em meio a avanço da Covid-19

·1 min de leitura
Bolsa de Valores de Frankfurt

Por Anisha Sircar e Shreyashi Sanyal

(Reuters) - As ações europeias interromperam uma sequência de perdas de quatro dias consecutivos nesta quarta-feira, com os papéis da Telecom Italia liderando os ganhos, mas temores em torno da piora da situação da Covid-19 na Europa e perspectivas de rigorosas restrições de combate à doença limitaram a recuperação do mercado.

O índice FTSEurofirst 300 subiu 0,13%, a 1.859 pontos, enquanto o índice pan-europeu STOXX 600 ganhou 0,09%, a 480 pontos, após registrar sua pior sessão em quase dois meses na terça-feira em meio a um ressurgimento de casos de coronavírus no continente e a temores de aumentos de juros nos Estados Unidos.

A Telecom Italia disparou 15,6%, elevando o setor de telecomunicações europeu em 1,2% após notícias de que o fundo KKR está considerando aumentar sua oferta para aquisição da empresa, já que a principal investidora na TIM, Vivendi, considerou a proposta inicial baixa demais.

As ações europeias estão a caminho de perdas semanais, uma vez que receios sobre o retorno da Covid-19, aumentos de juros e inflação geraram temores de enfraquecimento da perspectiva de crescimento econômico.

Em LONDRES, o índice Financial Times avançou 0,27%, a 7.286,32 pontos.

Em FRANKFURT, o índice DAX caiu 0,37%, a 15.878,39 pontos.

Em PARIS, o índice CAC-40 perdeu 0,03%, a 7.042,23 pontos.

Em MILÃO, o índice Ftse/Mib teve valorização de 0,63%, a 27.109,30 pontos.

Em MADRI, o índice Ibex-35 registrou baixa de 0,26%, a 8.792,00 pontos.

Em LISBOA, o índice PSI20 valorizou-se 0,45%, a 5.522,37 pontos.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos