Telebrás ativa 4,6 mil quilômetros de fibras ópticas

A Telebrás ativou 4,6 mil quilômetros da rede de telecomunicações de fibras ópticas interligando nove Estados da Região Nordeste a Brasília (DF), com o objetivo de levar o Programa Nacional de Banda Larga (PNBL) aos habitantes da área e atender as necessidades de infraestrutura para a Copa das Confederações e a Copa do Mundo de 2014, segundo comunicado publicado no site da empresa, nesta sexta-feira.

"Mais de 20 milhões de pessoas podem ter acesso à internet de 1 Mbps por até R$ 35,00 mensais, resultado da ativação da rede de Brasília a Salvador", informou na nota a Telebrás. Segundo a empresa, os 4,6 mil quilômetros foram divididos em dois trechos, que vão abranger 51 cidades e três regiões metropolitanas, por meio de provedores regionais interessados em participar do PNBL.

O primeiro trecho interligará diretamente Brasília, Palmas (TO), Imperatriz (MA), Teresina (PI), Sobral, Fortaleza e região metropolitana (CE). De Fortaleza sai o segundo trecho, passando por todo o litoral nordestino até Salvador e Região Metropolitana, na Bahia.

Com essa ativação, a rede de banda larga da empresa chega a 21 Estados, apta a atender mais de 600 municípios por meio dos provedores. A estimativa é chegar a 1,5 mil municípios até o final de 2013, destacou a empresa.

A Telebrás acrescentou que atuou por um ano para viabilizar este trecho, que está preparado para atender o PNBL com velocidade mínima de 2 Mbps, ao mesmo valor de hoje para 1 Mbps. A nova velocidade de 2 Mbps pelo mesmo valor de R$ 35,00, já considerado o ICMS, foi determinada pela presidente Dilma Rousseff para meados de 2013.

O conselho de administração da Telebrás aprovou em outubro proposta de criação de subsidiária para prestar serviços à Fifa durante a Copa das Confederações, em 2013, e a Copa do Mundo de 2014.

Carregando...