Tecnisa promete acabar com atrasos até 2014

SÃO PAULO -  A construtora Tecnisa prometeu zerar seus atrasos em obras até o começo de 2014, Nesta terça-feira (11), a empresa realizou sua reunião anual com investidores e acionistas, informando que reduziu o número de parceiros com o objetivo de ter maior controle de obras, além de cortar gastos e concentrar projetos em São Paulo e região metropolitana. A empresa alegou que nas obras em que atua como parceira, a evolução acaba atrasando.

Em 2012, considerando o intervalo entre janeiro e setembro, a Tecnisa conseguiu R$ 500 milhões em VGV (valor geral de vendas), ou seja, para atingir a meta de R$ 1 bilhão neste último trimestre, serão necessários outros R$ 500 milhões. Até a última segunda-feira (10), a companhia havia projetado um valor de R$ 1,4 bilhão, mas diminuiu para R$ 1 bilhão.

Segundo informou o diretor financeiro e de relações com investidores, Vasco Barcellos, uma das razões para esta desaceleração em 2012 foi a necessidade de consumir os estoques. "A Tecnisa está vendendo mais e lançando menos, sempre privilegiamos rentabilidade das vendas", disse.

Segundo informou a assessoria de imprensa da companhia, a empresa também planeja a retirada de parceiros de algumas operações para reduzir sua atuação geográfica. Barcellos ainda disse que "a Tecnisa tem sido muito seletiva na compra de terrenos" e que espera geração operacional de caixa para 2013.  

Carregando...