Mercado fechado
  • BOVESPA

    108.523,47
    -1.617,17 (-1,47%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    54.049,05
    +174,14 (+0,32%)
     
  • PETROLEO CRU

    73,23
    -2,65 (-3,49%)
     
  • OURO

    1.877,70
    -53,10 (-2,75%)
     
  • BTC-USD

    22.897,45
    -555,66 (-2,37%)
     
  • CMC Crypto 200

    535,42
    -1,43 (-0,27%)
     
  • S&P500

    4.136,48
    -43,28 (-1,04%)
     
  • DOW JONES

    33.926,01
    -127,93 (-0,38%)
     
  • FTSE

    7.901,80
    +81,64 (+1,04%)
     
  • HANG SENG

    21.660,47
    -297,89 (-1,36%)
     
  • NIKKEI

    27.509,46
    +107,41 (+0,39%)
     
  • NASDAQ

    12.616,50
    -230,25 (-1,79%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,5385
    +0,0488 (+0,89%)
     

Ex-secretário de Guedes será número 2 de Tebet; Paulo Bijos assume Secretaria de Orçamento

Ministra do Planejamento e Orçamento, Simone Tebet

Por Bernardo Caram

BRASÍLIA (Reuters) - A ministra do Planejamento e Orçamento, Simone Tebet, anunciou nesta quarta-feira o nome do economista Gustavo Guimarães, que foi secretário do ex-ministro Paulo Guedes no Ministério da Economia, para ser o número 2 da pasta, no cargo de secretário-executivo.

Servidor do Senado, Guimarães é especialista em estatística e doutor em Economia. No Ministério da Economia, durante a gestão de Guedes, foi secretário especial adjunto da Fazenda e secretário de Avaliação, Planejamento, Energia e Loteria. Ele havia deixado a pasta em janeiro do ano passado.

Tebet ainda indicou Paulo Bijos para comandar a Secretaria de Orçamento Federal, órgão responsável por elaborar as peças orçamentárias do governo. Ele é consultor de Orçamento da Câmara e já trabalhou como analista da secretária que agora comandará. É doutorando em ciência política pela Universidade de Brasília

“É a pasta dos ‘nãos’, tem que sempre estar dizendo ‘isso não pode, isso não dá, isso viola a Lei de Responsabilidade Fiscal’”, disse a ministra.

A Secretaria de Planejamento será comandada por Leany Lemos, também servidora do Senado. Ela é doutora em ciência política pelas universidades de Oxford e Princeton.

Em outro nome da equipe, a professora de comércio internacional Renata Amaral será secretária de Financiamento Externo e Integração Nacional. O economista Sérgio Firpo, professor do Insper, fará parte da equipe, mas Tebet não informou em qual área.

“Procurei trazer linhas de pensamentos econômicos diferentes, os diferentes vão fazer com que a gente possa chegar em um denominador comum e não errar”, disse a ministra.