Mercado fechado
  • BOVESPA

    108.057,93
    +500,26 (+0,47%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    50.860,01
    -58,27 (-0,11%)
     
  • PETROLEO CRU

    72,64
    +0,59 (+0,82%)
     
  • OURO

    1.784,90
    +0,20 (+0,01%)
     
  • BTC-USD

    50.627,62
    -304,27 (-0,60%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.319,69
    +14,58 (+1,12%)
     
  • S&P500

    4.693,20
    +6,45 (+0,14%)
     
  • DOW JONES

    35.674,40
    -45,03 (-0,13%)
     
  • FTSE

    7.337,05
    -2,85 (-0,04%)
     
  • HANG SENG

    23.996,87
    +13,21 (+0,06%)
     
  • NIKKEI

    28.860,62
    +405,02 (+1,42%)
     
  • NASDAQ

    16.366,75
    +48,75 (+0,30%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,2812
    -0,0585 (-0,92%)
     

Team-Xecuter pagará R$ 25 milhões de multa à Nintendo por pirataria

·1 min de leitura

O suposto líder do grupo Team-Xecuter, dedicado a piratear e desbloquear consoles da Nintendo, mudou de ideia e se declarou culpado para a Justiça dos Estados Unidos. Gary Bowser alterou o testemunho após ser preso em outubro passado ao lado de outros membros do grupo.

Inicialmente, Bowser se declarou inocente das acusações, que incluem um total de 11 crimes, entre eles conspiração para cometer fraude eletrônica e conspiração para cometer lavagem de dinheiro. Com a revisão do processo, o indiciado concordou em confessar as acusações e pagar voluntariamente uma multa de U$ 4,5 milhões, cerca de R$ 25 milhões na cotação atual, à Nintendo.

"O réu, Gary Bower, também conhecido como 'GaryOPA', utiliza de forma consciente e intencional uma empresa cibercriminosa que desenvolveu, fabricou, comercializou e vendeu uma variedade de dispositivos de evasão que permitiam aos clientes da empresa jogar videogames em versões pirateadas, comumente chamados de 'ROMs'", diz o acordo de confissão compartilhado pelo TorrentFreak.

O Team-Xecuter ficou famoso durante as gerações do Nintendo 3DS e Switch por vender e distribuir códigos que permitiam a execução de jogos pirateados nos consoles da empresa japonesa.

Team Xecuter vendia maneiras de desbloquear Nintendo Switch (Imagem: Daniel Rykhev/Unsplash)
Team Xecuter vendia maneiras de desbloquear Nintendo Switch (Imagem: Daniel Rykhev/Unsplash)

Paralela à investigação do departamento de Justiça dos Estados Unidos, a Nintendo abriu um processo separado em abril. A empresa do Mario exige que os domínios do Team-Xecuter sejam derrubados e que todas as fraudes de software criadas pelo grupo sejam destruídas. O caso está em andamento.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech:

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos