Mercado fechado
  • BOVESPA

    96.582,16
    +1.213,40 (+1,27%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    36.801,37
    -592,34 (-1,58%)
     
  • PETROLEO CRU

    36,01
    -0,16 (-0,44%)
     
  • OURO

    1.866,20
    -1,80 (-0,10%)
     
  • BTC-USD

    13.459,02
    -83,90 (-0,62%)
     
  • CMC Crypto 200

    264,05
    +21,37 (+8,80%)
     
  • S&P500

    3.310,11
    +39,08 (+1,19%)
     
  • DOW JONES

    26.659,11
    +139,16 (+0,52%)
     
  • FTSE

    5.581,75
    -1,05 (-0,02%)
     
  • HANG SENG

    24.586,60
    -122,20 (-0,49%)
     
  • NIKKEI

    23.331,94
    -86,57 (-0,37%)
     
  • NASDAQ

    11.182,50
    -160,25 (-1,41%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,7427
    +0,0083 (+0,12%)
     

TCU reconhece denúncia contra Eletrobras por anúncios em sites de notícias falsas

Murillo Camarotto
·1 minuto de leitura

Relatora alegou perda de objeto, já que a estatal informou ter interrompido os anúncios O Tribunal de Contas da União (TCU) reconheceu hoje uma denúncia anônima que apontou gastos da Eletrobras com publicidade veiculada em sites investigados por publicação de notícias falsas e discurso do ódio. Apesar de receber a denúncia, o órgão de controle rejeitou o pedido de medida cautelar para que a estatal deixasse de anunciar nesses sites. A relatora, Ana Arraes, alegou perda de objeto, visto que a empresa informou já ter interrompido os anúncios. Ao TCU, a direção da Eletrobras argumentou que os valores gastos com essas peças foram baixos e que a escolha dos sites é feita por agências de publicidade e sistemas eletrônicos, e não diretamente pela empresa. Divulgação