Mercado fechado
  • BOVESPA

    129.264,96
    +859,61 (+0,67%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    50.315,69
    -3,88 (-0,01%)
     
  • PETROLEO CRU

    73,51
    -0,15 (-0,20%)
     
  • OURO

    1.784,10
    +1,20 (+0,07%)
     
  • BTC-USD

    31.769,95
    -3.825,11 (-10,75%)
     
  • CMC Crypto 200

    762,93
    -87,41 (-10,28%)
     
  • S&P500

    4.224,79
    +58,34 (+1,40%)
     
  • DOW JONES

    33.876,97
    +586,89 (+1,76%)
     
  • FTSE

    7.062,29
    +44,82 (+0,64%)
     
  • HANG SENG

    28.489,00
    -312,27 (-1,08%)
     
  • NIKKEI

    28.010,93
    -953,15 (-3,29%)
     
  • NASDAQ

    14.140,00
    +10,00 (+0,07%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,9826
    -0,0535 (-0,89%)
     

Táxis aéreos elétricos poderão começar a decolar até 2025

·1 minuto de leitura
Toyota desenvolve protótipo de carro voador, o Skydrive (Reprodução/Skydrive)
Toyota desenvolve protótipo de carro voador, o Skydrive (Reprodução/Skydrive)
  • Táxis elétricos voadores poderão levantar voo na Europa entre 2024 e 2025

  • Antes de levar passageiros, veículos devem transportar mercadorias

  • O anúncio foi feito pela Agência de Segurança da Aviação da União Europeia

Entre 2024 e 2025, táxis voadores elétricos poderão ser realidade no mundo, segundo anúncio feito pela Agência de Segurança da Aviação da União Europeia (EASA, na sigla em inglês) nesta quarta-feira (19). As informações são da Época Negócios.

Leia também:

Não tripulados

Segundo o diretor-executivo da EASA, Patrick Ky, antes de transportar passageiros os veículos podem carregar mercadorias. Os drones autônomos, não tripulados, ficarão prontos cerca de cinco anos depois do primeiro projeto.

A agência europeia, juntamente com a Administração Federal de Aviação dos Estados Unidos, começou a trabalhar com empresas, com foco em voos não tripulados. “Com o transporte autônomo de passageiros, é mais fácil começar com os veículos de táxi aéreo, porque estamos olhando para aeronaves de menor escala”, indicou Ky. 

Segundo pesquisa feita pela EASA, 83% da população europeia vê com entusiasmo a notícia sobre os táxis voadores, ainda mais com a rapidez no transporte médico e de emergência. O levantamento foi feito com 4 mil pessoas em seis cidades.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos