Mercado fechado
  • BOVESPA

    108.095,53
    +537,86 (+0,50%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    51.056,27
    +137,99 (+0,27%)
     
  • PETROLEO CRU

    72,65
    +0,29 (+0,40%)
     
  • OURO

    1.784,10
    -0,60 (-0,03%)
     
  • BTC-USD

    50.813,80
    +332,29 (+0,66%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.320,56
    +15,44 (+1,18%)
     
  • S&P500

    4.701,21
    +14,46 (+0,31%)
     
  • DOW JONES

    35.754,75
    +35,32 (+0,10%)
     
  • FTSE

    7.337,05
    -2,85 (-0,04%)
     
  • HANG SENG

    23.996,87
    +13,21 (+0,06%)
     
  • NIKKEI

    28.860,62
    +405,02 (+1,42%)
     
  • NASDAQ

    16.382,50
    +64,50 (+0,40%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,2741
    -0,0656 (-1,03%)
     

Taxas elevadas nas letras do Tesouro Direto

·2 min de leitura

Se antes, as taxas de algumas letras já estavam alteradas, agora os títulos que possuem rendimentos prefixados, como é o caso do Tesouro IPCA e o Tesouro Prefixado, estão oferecendo taxas que vão desde IPCA+5,5% até 12% ao ano, respectivamente.

Vale destacar que ao acompanhar a evolução das taxas negociadas no Tesouro Direto, o investidor tem uma noção de como está a expectativa dos juros futuros.

Quanto maior são as taxas oferecidas pelas letras, maiores são as expectativas. Caso a curva das taxas esteja em queda, isso significa que existe a expectativa de queda de juros. No caso atual, as taxas vêm crescendo.

Taxas de juros e bolsa

Geralmente, quando a taxa de juro oferecida em letras do tesouro vem crescendo, o Ibovespa vai se depreciando.

Normalmente isso acontece porque os investidores dão preferência por ganhos com mais facilidade.

Ou seja, é muito mais simples e seguro ganhar dinheiro na renda fixa do que na renda variável, através de FII e ações.

Observando o risco que a bolsa tem, é mais interessante investir na renda fixa, ainda mais se o juro está em alta e existe a possibilidade de conseguir ganhos na ordem de 1% ao mês com certa previsibilidade.

Considerando esses pontos, fica claro que a bolsa de valores vai se tornar um ambiente mais volátil e com ótimas oportunidades para o longo prazo, principalmente se o investidor focar as atenções em ETF, como é o caso dos fundos que seguem o Ibovespa.

Juros e bolsas podem ganhar juntos?

Sim, não é algo exato essa movimentação inversa entre os dois indicadores, mas, é comum ver a bolsa se depreciando em momentos onde o juro sobe, até porque, o juro acaba servindo como algo restritivo quando pensamos na economia em si.

Quando o juro sobe, normalmente há algo sendo combatido, como é o caso do dólar ou da inflação.

A alta do USD/BRL ou da inflação, quando excessiva, pode trazer impactos negativos para a economia. Durante esse período de “controle”, a economia pode acabar sentido a alta do juro.

Dentre os sintomas, o juro maior pode provocar alta do desemprego e queda da economia no país.

Depois, quando as coisas se normalizam, o juro volta a um patamar “neutro” e a economia tende a voltar.

Lógico que tudo isso é teórico. Na prática, o BC e o governo têm trabalhos mais complexos, que envolvem muito mais do que o juro em si.

De qualquer forma, o momento é de aproveitar a oportunidade no Tesouro Direto e na bolsa de valores.

Lembrando que as taxas estão com taxas bem atraentes, mas isso não significa que elas não podem melhorar ainda mais. Inclusive a bolsa, o Ibovespa vem derretendo em 2021 e o índice pode ficar ainda mais barato.

De qualquer forma, o momento é para ficar atento e aproveitar as oportunidades que aparecem.

This article was originally posted on FX Empire

More From FXEMPIRE:

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos