Taxa de risco italiana sobe após anunciada a renúncia de Monti

Roma, 10 dez (EFE).- A taxa de risco italiana disparou hoje para 346 pontos, em relação aos 323 com os quais tinha fechado na sexta-feira passada, depois que no sábado o primeiro-ministro italiano, Mario Monti, apresentou sua renúncia, assim que for aprovada da Lei de Orçamentos.

O rendimento dos bônus decenais no mercado secundário também subiu para 4,7% dos 4,52% com o qual fechou na sexta-feira.

Hoje se esperava com atenção a reação dos mercados ao anúncio de Monti, que segundo a imprensa escolheu o sábado para informar de sua decisão com o objetivo de evitar repercussões negativas.

Monti disse que apresentará sua renúncia irrevogável após a aprovação da Lei de Orçamentos, que poderia ser ratificada antes do dia 25 de dezembro e posteriormente. EFE

Carregando...