Mercado fechado

Tardelli assinou por um ano e renovação com Atlético depende do número de jogos

Com mais de 100 gols marcados e títulos conquistados, Tardelli é um dos maiores ídolos do Atlético (Pedro Martins/AGIF)

Diego Tardelli foi anunciado como reforço do Atlético-MG na tarde desta quarta-feira (12), através da conta pessoal do presidente Sérgio Sette Câmara no Twitter. Via rede social o mandatário alvinegro confirmou a o retorno do atacante, que vai iniciar sua terceira passagem pela Cidade do Galo. Aos 34 anos, Tardelli assinou contrato com duração de apenas uma temporada, mas com cláusula que garante a renovação automática.

SIGA O YAHOO ESPORTES NO INSTAGRAM
SIGA O YAHOO ESPORTES NO FLIPBOARD

Para seguir no Atlético em 2021, Diego Tardelli vai ter de disputar cerca de 60% das partidas em que ele estiver à disposição do técnico Rafael Dudamel. A contagem, é claro, só começa quando o jogador estiver regularizado. Como estava no Grêmio e já teve a rescisão de contrato publicada no BID (Boletim Informativo Diário), a tendência é que até o começo da próxima semana o jogador já tenha condições de atuar.

Leia mais:

Essa cláusula serviu para atender o interesse das duas partidas. Por se tratar de um jogador com idade avançada e que vem de uma temporada abaixo do esperado, depois de quatro anos no futebol chinês, o Galo não queria firmar vínculo que fosse além de dezembro. Por outro lado, Tardelli queria um acordo capaz de mais tranquilidade nesta etapa da carreira, já que o contrato com o Atlético pode ser o último. A renovação automática ligada ao número de jogos deixou clube e atacante satisfeitos.

Como o atacante deixou o Grêmio no começo de janeiro e não fez pré-temporada, ele vai precisar um tempo extra para aprimorar a parte física. Num primeiro momento, o clássico com o Cruzeiro, marcado para o dia 7 de março, para o Mineirão, com o mando do Atlético, é visto como o jogo ideal para reestreia do jogador.

 Se no Grêmio o salário de Diego Tardelli era superior a R$ 1 milhão, o Atlético vai pagar bem menos do que isso. No entanto, o clube mineiro teve de superar o teto estabelecido de R$ 400 mil mensais. Além disso, Tardelli pode receber bônus de acordo com o rendimento individual e coletivo. Meta de gols e títulos garantem um dinheiro extra para o jogador.

Tardelli volta à Cidade do Galo para atender um pedido de Rafael Dudamel. O treinador deixou claro, em mais de uma oportunidade, que esperava receber o reforço de um centroavante. O técnico venezuelano tem Franco Di Santo e Ricardo Oliveira à disposição, mas parece não confiar em ambos. Até por isso, dificilmente Diego Tardelli não atingirá a meta de jogos para que tenha o vínculo com o Galo renovado de forma automática.

Veja mais sobre futebol mineiro no Blog de Victor Martins

Siga o Yahoo Esportes

Twitter | Flipboard | Facebook | Spotify | iTunes | Playerhunter