Mercado fechado
  • BOVESPA

    109.101,99
    +1.088,52 (+1,01%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    52.508,35
    -314,88 (-0,60%)
     
  • PETROLEO CRU

    86,29
    -0,67 (-0,77%)
     
  • OURO

    1.839,80
    -2,80 (-0,15%)
     
  • BTC-USD

    41.216,96
    -770,73 (-1,84%)
     
  • CMC Crypto 200

    992,43
    -2,83 (-0,28%)
     
  • S&P500

    4.482,73
    -50,03 (-1,10%)
     
  • DOW JONES

    34.715,39
    -313,26 (-0,89%)
     
  • FTSE

    7.585,01
    -4,65 (-0,06%)
     
  • HANG SENG

    24.952,35
    +824,50 (+3,42%)
     
  • NIKKEI

    27.772,93
    +305,70 (+1,11%)
     
  • NASDAQ

    14.725,75
    -307,75 (-2,05%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,1301
    -0,0373 (-0,60%)
     

Taesa arremata lote 1 em leilão de transmissão de energia após disputa com Copel

·1 min de leitura
Torres de transmissão de energia

SÃO PAULO (Reuters) - A Taesa arrematou nesta sexta-feira o lote 1 do leilão de transmissão de energia, ao ofertar uma receita anual permitida (RAP) de 129,9 milhões de reais, o que representa um deságio de 47,76% ante o valor máximo de 248,6 milhões de reais estabelecido pelo regulador.

A transmissora disputou o ativo a viva voz com a estatal paranaense Copel

A disputa pelo lote 1, maior ativo oferecido no leilão, contou com ofertas de dez outros grupos, como as elétricas Engie Brasil, EDP Brasil, Energisa e Neoenergia.

Também participaram da concorrência pelo lote as transmissoras ISA Cteep e Sterlite.

O lote 1 compreende duas linhas de transmissão entre Paraná e São Paulo, somando 726 quilômetros de extensão. São estimados investimentos de 1,75 bilhão de reais no empreendimento, que reforçará o suprimento de energia à Região Metropolitana de Curitiba.

(Por Letícia Fucuchima)

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos