Mercado fechado
  • BOVESPA

    113.750,22
    +1.458,62 (+1,30%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    43.646,03
    -288,18 (-0,66%)
     
  • PETROLEO CRU

    46,09
    +0,45 (+0,99%)
     
  • OURO

    1.837,70
    +0,90 (+0,05%)
     
  • BTC-USD

    19.049,87
    +1,58 (+0,01%)
     
  • CMC Crypto 200

    365,19
    -14,05 (-3,71%)
     
  • S&P500

    3.699,12
    +32,40 (+0,88%)
     
  • DOW JONES

    30.218,26
    +248,74 (+0,83%)
     
  • FTSE

    6.550,23
    +59,96 (+0,92%)
     
  • HANG SENG

    26.835,92
    +107,42 (+0,40%)
     
  • NIKKEI

    26.751,24
    -58,13 (-0,22%)
     
  • NASDAQ

    12.509,25
    +47,00 (+0,38%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,2497
    +0,0137 (+0,22%)
     

Tablet que emite cheiro? Sim, já existe e será usado no Brasil em breve

Ramon de Souza
·3 minuto de leitura

Quem assiste a muitos vídeos no YouTube com certeza já deve ter visto algum apresentador fazendo aquela velha piada: “O cheiro está ótimo, pena que vocês não podem sentir aí”. Bom, se depender da startup brasileira Noar, essa piadinha vai perder a graça em um futuro breve. A companhia, que diz se enquadrar no mercado de scent tech, acaba de apresentar um dispositivo curiosíssimo que é capaz de emitir até 20 fragrâncias diferentes.

O MultiScent20 se assemelha a um tablet e emite os aromas através de cartuchos de tecnologia proprietária em seu interior — cada um pode ser usado até 100 vezes e recarregado posteriormente. A ideia da marca é, a priori, aplicar o invento no ramo de cosméticos e perfumaria, dispensando os testadores e catálogos de papel. Afinal, tais itens simbolizam um grave desperdício de recursos naturais.

“Nós começamos a trabalhar nesse projeto justamente porque estávamos vendo a adaptação de vários produtos, serviços e conteúdos dos meios físicos para os meios digitais. Além de uma experiência nunca vista no mercado, a tecnologia alia praticidade, sustentabilidade e segurança”, explica Cláudia Galvão, CEO da Noar. A executiva afirma que o conceito poderá, em breve, ser portado para outros setores.

<em>Imagem: Divulgação/Noar</em>
Imagem: Divulgação/Noar

O mais legal é que o gadget conta com uma tela e alto-falantes para expandir a experiência do usuário (com a reprodução de vídeos e áudios explicativos, por exemplo) e pode ser higienizado com álcool em gel, otimizando a higienização em tempos de COVID-19. O projeto conta ainda com conectividade Bluetooth para ser pareado com celulares e enviar analytics úteis para os lojistas.

O primeiro “cliente” da Noar será a Natura, que deve usar o MultiScent20 em seus pontos de venda até o fim do ano. No intuito de abandonar aquelas revistas nos quais o consumidor precisa esfregar os pulsos para testar um aroma, a companhia vai distribuir unidades do dispositivo em suas 60 lojas próprias. Na segunda fase, os mais de 1,2 milhões de consultores também receberão uma unidade do gadget.

Para “complementar” a experiência do MultiScent, o conglomerado de beleza também trabalhou em um app próprio para customizar a experiência olfativa do tablet. “Inovação é uma agenda estratégica importante para Natura, seja para se adaptar rapidamente a novos contextos que se apresentam — como o momento em que vivemos agora com a pandemia — , e para a construção da agenda de futuro. Estamos sempre em busca de tecnologias inovadoras para acelerar o processo de digitalização dos canais da Natura”, diz Roseli Mello, gerente global de P&D da marca.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech: