Mercado abrirá em 9 h 51 min
  • BOVESPA

    110.235,76
    +1.584,71 (+1,46%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    47.808,21
    +566,41 (+1,20%)
     
  • PETROLEO CRU

    91,73
    -0,20 (-0,22%)
     
  • OURO

    1.800,70
    -13,00 (-0,72%)
     
  • BTC-USD

    24.274,73
    +1.357,87 (+5,93%)
     
  • CMC Crypto 200

    572,60
    +41,38 (+7,79%)
     
  • S&P500

    4.210,24
    +87,77 (+2,13%)
     
  • DOW JONES

    33.309,51
    +535,11 (+1,63%)
     
  • FTSE

    7.507,11
    +18,96 (+0,25%)
     
  • HANG SENG

    19.837,78
    +226,94 (+1,16%)
     
  • NIKKEI

    27.819,33
    -180,63 (-0,65%)
     
  • NASDAQ

    13.433,25
    +41,25 (+0,31%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,2388
    -0,0076 (-0,14%)
     

Término de concessões derruba resultado da Ecorodovias no 2º tri

SÃO PAULO (Reuters) - A concessionária de infraestrutura Ecorodovias teve queda em suas principais linhas de resultados no segundo trimestre, com o fim dos contratos da Ecocataratas e da Ecovia Caminho do Mar, em novembro passado.

A companhia anunciou nesta quinta-feira que teve prejuízo líquido de 7 milhões de reais de abril a junho, ante lucro de 127,4 milhões de reais um ano antes.

O resultado operacional medido pelo lucro antes de impostos, juros, amortização e depreciação (Ebitda) ajustado foi de 463,1 milhões de reais, caindo 18,8% ano a ano, enquanto a margem Ebitda ajustada caiu 6 pontos percentuais, a 60,6%.

Além da redução de 10,4% da receita bruta com o fim das concessões citadas, a empresa também teve custos operacionais e despesas administrativas 43% maiores, para 1,056 bilhão de reais, como reflexo entre outros fatores do projeto Ecovias do Araguaia, concessão que ainda não iniciou a cobrança de pedágio.

(Por Aluísio Alves)

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos