Mercado fechado
  • BOVESPA

    100.540,88
    -718,87 (-0,71%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    38.260,98
    -446,74 (-1,15%)
     
  • PETROLEO CRU

    38,58
    -1,27 (-3,19%)
     
  • OURO

    1.905,00
    -0,20 (-0,01%)
     
  • BTC-USD

    12.964,34
    -185,68 (-1,41%)
     
  • CMC Crypto 200

    258,42
    -5,00 (-1,90%)
     
  • S&P500

    3.387,88
    -77,51 (-2,24%)
     
  • DOW JONES

    27.572,28
    -763,29 (-2,69%)
     
  • FTSE

    5.792,01
    -68,27 (-1,16%)
     
  • HANG SENG

    24.918,78
    +132,68 (+0,54%)
     
  • NIKKEI

    23.494,34
    -22,25 (-0,09%)
     
  • NASDAQ

    11.438,50
    -225,00 (-1,93%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,6425
    -0,0214 (-0,32%)
     

Térmica Pampa Sul, da Engie, pede registro para oferta de R$582 mi em debêntures

Por Luciano Costa

Por Luciano Costa

SÃO PAULO (Reuters) - A usina termelétrica Pampa Sul, controlada pela Engie Brasil Energia <EGIE3.SA>, submeteu à Comissão de Valores Mobiliários (CVM) pedido de registro para uma oferta pública de distribuição de debêntures no valor de 582 milhões de reais.

As debêntures, que terão incentivo concedido a papéis atrelados a empreendimentos prioritários de infraestrutura, serão objeto de distribuição pública nos termos Instrução CVM 400, segundo comunicado da Engie no domingo.

A empresa acrescentou que a operação envolverá duas séries de debêntures simples, não conversíveis em ações, com garantia real e garantia adicional fidejussória.