Mercado fechará em 1 h 32 min

Switch Pro é cancelado antes mesmo de ser anunciado, aponta rumor

O Switch Pro, suposta versão mais poderosa do atual console da Nintendo, foi cancelado antes mesmo de ser anunciado oficialmente. É o que afirma o mais novo rumor em uma pilha de boatos que circulam há anos sobre o dispositivo, com a fabricante, supostamente, tendo preferido investir no sucessor da plataforma em vez de trabalhar em um relançamento mais potente dele.

É o que afirma o site Digital Foundry, especializado em análises de jogos e aparelhos com foco no hardware e poder de processamento. Citando fontes ligadas ao mercado de desenvolvimento de jogos, o veículo indica que os rumores sobre o tal Switch Pro eram reais e que a Nintendo efetivamente trabalhou em uma atualização de meio de geração para o console, mas que os planos foram abandonados em prol de um novo aparelho.

O lançamento desse sucessor não deve acontecer em 2023, aponta o site, enquanto a Nintendo trabalha na transição de plataformas e, principalmente, na manutenção do sucesso do Switch. Ainda falando nele, dá para entender exatamente porque os supostos planos de uma versão mais potente foram abandonados, principalmente se, como muitos dos rumores afirmavam, ela fosse contar com games exclusivos: a fragmentação do mercado não seria nada desejável para um aparelho que é o líder de vendas na geração atual.

A estimativa é de que 118,2 milhões de unidades do Switch tenham sido vendidas desde 2017, quando foi lançado e na soma das versões original da plataforma com as atualizações Lite, apenas portátil, e OLED, que trouxe nova tela e tamanho, mas sem alterações no hardware. E o movimento continua, principalmente diante da chegada de mais um grande título no ano que vem, The Legend of Zelda: Tears of the Kingdom.

Tudo, claro, fica no campo das ideias, já que como dito, nunca houve nenhuma atualização oficial da Nintendo sobre o chamado Switch Pro. Pelo contrário, a companhia chegou a anunciar, no início deste ano, que não possuía planos de uma atualização de hardware para 2022, com a delimitação de data, inclusive, causando o efeito oposto e alimentar os rumores de que uma nova versão poderia chegar nos próximos anos.

Os boatos sobre uma suposta atualização do Switch acompanham movimentos feitos nos últimos anos pela Sony e Microsoft, que liberaram, em meados da geração passada, pacotes mais potentes do Xbox One e PlayStation 4 — de onde vem o nome “Pro”, inclusive. Tais consoles, apesar do hardware poderoso, não tinham recursos e, principalmente, jogos exclusivos, servindo apenas como uma forma de atualizar os consoles e apresentar maior poder de fogo para desenvolvedores e, também, jogadores que buscassem por isso.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech: