Mercado fechado
  • BOVESPA

    121.800,79
    -3.874,54 (-3,08%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    50.868,32
    -766,28 (-1,48%)
     
  • PETROLEO CRU

    73,81
    +0,19 (+0,26%)
     
  • OURO

    1.812,50
    -18,70 (-1,02%)
     
  • BTC-USD

    41.431,61
    -51,24 (-0,12%)
     
  • CMC Crypto 200

    955,03
    +5,13 (+0,54%)
     
  • S&P500

    4.395,26
    -23,89 (-0,54%)
     
  • DOW JONES

    34.935,47
    -149,06 (-0,42%)
     
  • FTSE

    7.032,30
    -46,12 (-0,65%)
     
  • HANG SENG

    25.961,03
    -354,29 (-1,35%)
     
  • NIKKEI

    27.283,59
    -498,83 (-1,80%)
     
  • NASDAQ

    14.966,50
    -71,25 (-0,47%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,1880
    +0,1475 (+2,44%)
     

SUVs são os carros mais vendidos do Brasil em 2021

·2 minuto de leitura

As tendências se consolidaram e o mercado automotivo brasileiro tem uma nova preferência. Pela primeira vez na história, os SUVs superaram os hatches (compactos, subcompactos e médios) e estão liderando as vendas em 2021, com participação de 39,36% na soma do ano conforme o ranking da FENABRAVE (Federação Nacional Distribuição Veículos Automotores).

Grosso modo, não chega a ser uma surpresa que os utilitários estejam nessa condição mercadológica, mas há algumas situações que precisam ser levadas em conta. A principal delas é que carros como o Chevrolet Onix e Onix Plus, Hyundai HB20 entre outros estão com suas produções paralisadas em decorrência da falta de semicondutores que afeta não apenas o mercado brasileiro, mas de todo o mundo. Com isso, o volume de vendas dos modelos da montadora estadunidense, por exemplo, caiu vertiginosamente.

Por outro lado, modelos como o Jeep Renegade, Jeep Compass, Chevrolet Tracker, Toyota Corolla Cross, Volkswagen T-Cross e Nissan Kicks, para citar alguns, seguem com vendas em alta e contribuíram para que essa participação de mercado fosse alcançada. Depois de atingir em cheio o segmento de sedãs, os SUVs, pelo menos por enquanto, começam a incomodar os veículos de entrada.

O Chevrolet Onix teve sua produção paralisada há alguns meses (Imagem: Felipe Ribeiro/Canaltech)
O Chevrolet Onix teve sua produção paralisada há alguns meses (Imagem: Felipe Ribeiro/Canaltech)

Outro fator que contribuiu diretamente para que os hatches tenham perdido vendas é o desempenho assombrosamente bom da nova Fiat Strada, que é o carro mais vendido de 2021 e tem conquistado clientes do segmento de compactos desde o seu lançamento em 2020.

Aposentadorias ajudam

Conforme lembrado pelo pessoal do Motor1 Brasil, a aposentadoria de alguns modelos compactos também influenciou diretamente para que as vendas do segmento de hatches fossem afetadas. Carros como o Toyota Etios, Volkswagen Up, Citroën C3 e Nissan March deixaram de ser fabricados por aqui em 2021.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech:

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos