Mercado fechará em 5 h 10 min
  • BOVESPA

    121.995,30
    -1.581,27 (-1,28%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    51.186,28
    -447,63 (-0,87%)
     
  • PETROLEO CRU

    69,24
    -1,32 (-1,87%)
     
  • OURO

    1.814,30
    +0,20 (+0,01%)
     
  • BTC-USD

    39.074,71
    +656,37 (+1,71%)
     
  • CMC Crypto 200

    961,14
    +34,37 (+3,71%)
     
  • S&P500

    4.409,51
    -13,64 (-0,31%)
     
  • DOW JONES

    34.911,63
    -204,77 (-0,58%)
     
  • FTSE

    7.123,90
    +18,18 (+0,26%)
     
  • HANG SENG

    26.426,55
    +231,73 (+0,88%)
     
  • NIKKEI

    27.584,08
    -57,75 (-0,21%)
     
  • NASDAQ

    15.030,00
    -16,25 (-0,11%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,1839
    +0,0184 (+0,30%)
     

SUV elétrico da Volvo incluirá sistema lidar como equipamento padrão a partir de 2022

·2 minuto de leitura

Por Ben Klayman

DETROIT, Estados Unidos (Reuters) - A Volvo planeja tornar padrão da nova geração do utilitário XC90 sensores lidar no próximo ano, como parte de estratégia para implantar segurança e tecnologia de direção autônoma mais avançadas.

A decisão da Volvo Cars de incluir sensores lidar no preço base do SUV é uma aposta de que os clientes pagarão pela capacidade de segurança adicional.

A marca sueca, do grupo chinês Geely, está tomando um caminho totalmente diferente da rival Tesla, que evitou usar sistemas de radar e lidar e tem se concentrado apenas em câmeras e software para seus sistemas de direção automatizados.

A startup de sensores para carros autônomos Luminar fornecerá à Volvo Cars seu sistema lidar Iris e o software Sentinel em combinação com programas da Volvo no SUV elétrico XC90 que será montado na Carolina do Sul e estará à venda em 2022.

As novas tecnologias são projetadas para enfrentar situações de tráfego que frequentemente resultam em ferimentos graves e fatalidades, afirmam as companhias. Com o tempo, a tecnologia se tornará mais capaz e intervirá mais para evitar colisões, disseram as empresas.

"Tendo este hardware como padrão, podemos melhorar continuamente os recursos de segurança e introduzir sistemas de direção autônomos avançados", disse o presidente-executivo da Volvo Cars, Hakan Samuelsson, em comunicado.

Sensores lidar usam pulsos de laser para obterem imagens precisas do ambiente ao redor do carro e são vistos como essenciais por muitas montadoras para permitir a detecção e prevenção de obstáculos em sistemas avançados de assistência à direção e, eventualmente, em veículos totalmente automatizados.

O presidente da Luminar, Austin Russell, disse que o preço do equipamento é da ordem de 1.000 dólares por unidade. O diretor de tecnologia da Volvo Cars, Henrik Green, disse que o custo não é o foco. Embora o preço da tecnologia caia com o tempo conforme os volumes cresçam, o lançamento vai acelerar o uso de serviços automatizados que a empresa pode cobrar.

O XC90 é o veículo mais vendido da Volvo Cars nos EUA e o terceiro mais popular da montadora globalmente, com quase 92.500 unidades vendidas.

A SAIC Motor, maior montadora da China, disse que oferecerá veículos autônomos no mercado do próximo ano em parceria com a Luminar.

((Tradução Redação São Paulo))

REUTERS AAP AAJ

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos