Mercado fechado
  • BOVESPA

    120.700,67
    +405,99 (+0,34%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    48.514,10
    +184,26 (+0,38%)
     
  • PETROLEO CRU

    63,41
    -0,05 (-0,08%)
     
  • OURO

    1.764,90
    -1,90 (-0,11%)
     
  • BTC-USD

    63.436,51
    +656,99 (+1,05%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.397,85
    +16,90 (+1,22%)
     
  • S&P500

    4.170,42
    +45,76 (+1,11%)
     
  • DOW JONES

    34.035,99
    +305,10 (+0,90%)
     
  • FTSE

    6.983,50
    +43,92 (+0,63%)
     
  • HANG SENG

    28.793,14
    -107,69 (-0,37%)
     
  • NIKKEI

    29.642,69
    +21,70 (+0,07%)
     
  • NASDAQ

    14.009,50
    -4,50 (-0,03%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,7183
    -0,0546 (-0,81%)
     

Suspensão da vacina da AstraZeneca na Alemanha pode travar recuperação, dizem economistas

Michael Nienaber e Rene Wagner
·1 minuto de leitura
Suspensão da vacina da AstraZeneca na Alemanha pode travar recuperação, dizem economistas

Por Michael Nienaber e Rene Wagner

BERLIM (Reuters) - A decisão da Alemanha de suspender a vacinação contra a Covid-19 com o imunizante da AstraZeneca pode atrasar o progresso no alcance da imunidade coletiva e adiar a tão esperada redução das medidas de restrição necessária para uma ampla recuperação econômica no segundo trimestre, disseram economistas nesta terça-feira.

A decisão do governo foi baseada em uma recomendação do Instituto Paul Ehrlich (PEI), autoridade alemã encarregada das vacinas e politicamente independente, após o registro de novos casos de uma rara trombose venosa cerebral em pacientes, incluindo três mortes.

“Do ponto de vista econômico, os problemas com a vacina da AstraZeneca chegam em um momento altamente desfavorável", disse o economista-chefe do Commerzbank, Joerg Kraemer, apontando para um número crescente de novas infecções por coronavírus na Alemanha.

A questão crucial agora é por quanto tempo o uso da vacina da AstraZeneca permanecerá suspenso, disse Kraemer.

Os países da UE que suspenderam o imunizante da AstraZeneca estão aguardando o esclarecimento da Agência Europeia de Medicamentos, que deve dar uma coletiva de imprensa nesta terça-feira.

"Se não for mais permitido usá-la de forma permanente, o ponto que a Alemanha alcançará a imudade coletiva será adiado em um a dois meses", disse Kraemer.

Nesse cenário, os políticos provavelmente teriam que frear qualquer outra medida de alívio das restrições, o que pode adiar a recuperação econômica, completou.