Mercado fechado
  • BOVESPA

    121.800,79
    -3.874,54 (-3,08%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    50.868,32
    -766,28 (-1,48%)
     
  • PETROLEO CRU

    73,81
    +0,19 (+0,26%)
     
  • OURO

    1.812,50
    -18,70 (-1,02%)
     
  • BTC-USD

    41.763,90
    +126,22 (+0,30%)
     
  • CMC Crypto 200

    955,03
    +5,13 (+0,54%)
     
  • S&P500

    4.395,26
    -23,89 (-0,54%)
     
  • DOW JONES

    34.935,47
    -149,06 (-0,42%)
     
  • FTSE

    7.032,30
    -46,12 (-0,65%)
     
  • HANG SENG

    25.961,03
    -354,29 (-1,35%)
     
  • NIKKEI

    27.283,59
    -498,83 (-1,80%)
     
  • NASDAQ

    14.966,50
    -71,25 (-0,47%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,1880
    +0,1475 (+2,44%)
     

Suspeitos de aplicar golpe do falso empréstimo são alvos de operação policial

·1 minuto de leitura
In this photo illustration the fifty and one hundred and two hundred reais banknotes is being displayed. The Real is the current money in Brazil.
Prejuízo às vítimas foi de R$ 30 milhões, segundo a Polícia Civil do Paraná
  • Ação da polícia mira suspeitos de aplicar golpe do falso empréstimo

  • Suposta quadrilha teria feito vítimas em São Paulo e no Paraná

  • Prejuízo às vítimas foi de R$ 30 milhões

Uma organização criminosa suspeita de gerar prejuízo de R$ 30 milhões com o golpe do falso empréstimo em todo o país é alvo de uma operação da Polícia Civil do Paraná nesta quarta-feira (7). Os suspeitos podem responder pelos crimes de lavagem de dinheiro, falsificação de documento público e particular, estelionato e organização criminosa. As informações são do UOL.

Leia também:

Como era o golpe

Segundo a polícia, a suposta quadrilha criava páginas na internet oferecendo empréstimos bancários e atraíam as vítimas, que passavam seus dados pessoais. Os suspeitos entravam em contato com os interessados e pediam que elas fizessem um depósito para garantir o empréstimo, mas depois pediam que outros valores fossem depositados. E era aí que essas pessoas se descobriam vítimas de um golpe.

A operação acontece em 10 cidades de São Paulo e do Paraná, onde a polícia cumpre 58 mandados de busca e apreensão e 50 de prisão temporária. Também é cumprida ordem judicial que garante o bloqueio de R$ 30 milhões das contas bancárias dos 108 investigados, equivalente ao valor perdido por quem caiu na armadilha. 

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos