Mercado fechado
  • BOVESPA

    120.348,80
    -3.132,20 (-2,54%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    45.892,28
    -178,62 (-0,39%)
     
  • PETROLEO CRU

    51,87
    -0,49 (-0,94%)
     
  • OURO

    1.820,10
    -9,80 (-0,54%)
     
  • BTC-USD

    35.788,67
    -145,49 (-0,40%)
     
  • CMC Crypto 200

    699,18
    -35,96 (-4,89%)
     
  • S&P500

    3.768,25
    -27,29 (-0,72%)
     
  • DOW JONES

    30.814,26
    -177,24 (-0,57%)
     
  • FTSE

    6.735,71
    -66,25 (-0,97%)
     
  • HANG SENG

    28.573,86
    0,00 (0,00%)
     
  • NIKKEI

    28.269,75
    -249,43 (-0,87%)
     
  • NASDAQ

    12.759,00
    -43,25 (-0,34%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,3929
    +0,0003 (+0,00%)
     

Suspeita de matar namorado postou foto do casal horas antes do crime na Bahia

·1 minuto de leitura
Namorada que teria matado companheiro publicou foto de casal horas antes do crime - Foto: Reprodução/Redes Sociais
Namorada que teria matado companheiro publicou foto de casal horas antes do crime - Foto: Reprodução/Redes Sociais

A mulher suspeita de ter matado o namorado com um tiro, em um condomínio de luxo em Salvador, havia postado uma foto do casal nas redes sociais horas antes da morte de ambos. A suspeita é de que, após o crime, ela tenha cometido suicídio. As informações são do G1.

Elton Gonçalves Campelo, de 35 anos, morreu na hora. Isabela de Araújo Valença, 33, foi encontrada morta ao lado do namorado. Ao G1, uma amiga do casal, que não quis se identificar, afirmou que o casal possuía um relacionamento aparentemente tranquila e que estava sempre junto.

Leia também

Os dois estavam na capital baiana a passeio, hospedados no apartamento que pertence aos familiares de Elton. De acordo com a Polícia Civil, os pais de Elton estavam no imóvel e chegaram até a ouvir os disparos.

A arma usada no crime foi encontrada ao lado do corpo de Isabela. Daí parte a linha investigativa da polícia que acredita na versão de que ela matou o companheiro e em seguida cometeu suicídio. Além do fato em si, a motivação do crime segue sendo investigada pela polícia.

O casal morava em Petrolina (PE), apesar de ambos serem baianos. Segundo a amiga do casal, eles não moravam na mesma casa, mas trabalhavam juntos na administração de uma plantação de fruticultura.

Os dois estavam juntos desde 2018. O último registro publicado por Isabela, na noite do sábado (09), mostra o casal junto em um barco.

Ao G1, outra amiga do casal afirmou que as duas famílias estão em estado de choque. O crime surpreendeu a todos porque Isabela seria uma pessoa muito calma, tranquila e sem demonstrações de atos violentos.