Mercado fechará em 1 h 35 min
  • BOVESPA

    123.931,66
    -2.072,20 (-1,64%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    50.938,89
    +41,10 (+0,08%)
     
  • PETROLEO CRU

    71,76
    -0,15 (-0,21%)
     
  • OURO

    1.800,70
    +1,50 (+0,08%)
     
  • BTC-USD

    37.647,61
    -1.986,38 (-5,01%)
     
  • CMC Crypto 200

    889,35
    +13,11 (+1,50%)
     
  • S&P500

    4.389,22
    -33,08 (-0,75%)
     
  • DOW JONES

    34.985,21
    -159,10 (-0,45%)
     
  • FTSE

    6.996,08
    -29,35 (-0,42%)
     
  • HANG SENG

    25.086,43
    -1.105,89 (-4,22%)
     
  • NIKKEI

    27.970,22
    +136,93 (+0,49%)
     
  • NASDAQ

    14.858,00
    -259,75 (-1,72%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,1220
    +0,0117 (+0,19%)
     

Supostos Mi CC11 e Mi CC11 Pro devem ser lançados com Snapdragon 778G e 870

·2 minuto de leitura

A Xiaomi tem uma linha de dispositivos voltada para o público jovem, conhecida como Mi CC, com a estreia do Mi CC9e, Mi CC9 e Mi CC9 Pro em junho de 2019. Infelizmente, nenhum sucessor para eles foi apresentado em 2020, e rumores dizem que nesse ano uma novidade nesse sentido será revelada.

Segundo o leaker Bald Panda, em uma publicação em seu perfil na rede social chinesa Weibo, a linha de 2021 deve pular uma numeração, saltando de Mi CC9 para Mi CC11. Além disso, devem existir pelo menos dois aparelhos, sendo um Mi CC11 base e um Mi CC11 Pro, que deve contar com especificações técnicas um pouco mais interessantes, com direito a um chipset mais forte.

Xiaomi Mi CC9 Pro, que chegou no mercado internacional como Mi Note 10 (Imagem: Divulgação/Xiaomi)
Xiaomi Mi CC9 Pro, que chegou no mercado internacional como Mi Note 10 (Imagem: Divulgação/Xiaomi)

No caso do Mi CC11 padrão, o dispositivo deve contar com um processador Snapdragon 778G ou Snapdragon 780G da Qualcomm, além de ter tela com tecnologia OLED com suporte à taxa de atualização de 90 Hz. Por fim, o leaker ainda fala que o aparelho trará uma câmera telefoto para zoom óptico, sem perda de qualidade, e uma câmera principal com sensor de 64 MP.

Passando para o Mi CC11 Pro, o dispositivo pode acabar sendo anunciado com o mesmo chipset do Motorola Moto G100 e do Poco F3, o Qualcomm Snapdragon 870. No sentido de câmeras, deve trazer uma câmera principal com sensor de 1/1,3 polegada e ainda ter uma câmera periscópica para zoom sem perdas de longo alcance. Outros detalhes sobre os aparelhos seguem uma incógnita.

Ele ainda aproveitou para falar que o Xiaomi Mi Mix 4 deve contar com sensor ISOCELL de 50 MP feito pela Samsung, como o Mi 11 Ultra, e que o Mi 12, do ano que vem, trará sensor principal de 200 MP.

Seja como for, não existe, ainda, uma data para a oficialização dos Mi CC11 e Mi CC11 Pro. Porém, rumores falam que eles devem ser anunciados no próximo mês de agosto. Por isso, fique de olho no Canaltech para não perder nenhum detalhe.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech:

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos