Mercado fechado

Supostos Anonymous abrem fundo de investimento em tecnologias de privacidade

Felipe Demartini

Um grupo de indivíduos que diz pertencer ao coletivo hacktivista Anonymous anunciou a abertura de um fundo de investimento em tecnologias de privacidade. O The Unknown Fund, como foi batizado, promete doar US$ 75 milhões em Bitcoins para projetos focados no anonimato e em tecnologias descentralizadas que protejam os usuários de internet e tenham foco em seu anonimato.

O grupo diz estar de olho em iniciativas envolvendo criptomoedas, blockchain ou soluções de proteção de dados ou ocultamento de identidade para acesso à rede. Tanto startups quanto indivíduos poderiam receber parte do The Unknown Fund, que reuniria investidores anônimos de diferentes países e variados graus de participação e influência, que se encontraram e discutem as suas ideias, também, em fóruns nos quais sua identidade é mantida em sigilo.

A fundação, em si, não tem fins lucrativos nem pretende obter dividendos como parte de seus investimentos. Apesar de também mostrarem preferência por iniciativas dessa categoria, os responsáveis afirmam que parte do dinheiro também pode ser concedida a startups de cunho comercial; o grupo, na realidade, afirma que o investimento “é apenas o começo”, com mais “estratégias e métodos” a serem anunciados posteriormente.

Iniciativas de proteção de dados, anonimato, blockchain e criptomoedas estão entre os interesses do The Unknown Fund, que ainda não comprovou possuir o dinheiro prometido (Imagem: Reprodução/Felipe Demartini)

O site oficial do The Unknown Fund é simples e conta apenas com um link, que abre uma janela de e-mail para que os interessados em receber o investimento possam entrar em contato direto com os responsáveis e explorem suas ideias. Não existe prazo para resposta e, muito menos, para o aporte financeiro.

Por outro lado, há grande desconfiança quanto às intenções do grupo e, principalmente, suas reais relações com o Anonymous. Os hacktivistas ganharam notoriedade a partir de 2008, em protestos contra a Igreja da Cientologia, que evoluíram para coletivos online que protestavam contra corporações e governos realizando, principalmente, ataques de negação de serviço. Nas ruas, protestos eram detonados em diferentes cidades do mundo usando como símbolo a máscara de Guy Fawkes, como vista no filme V de Vingança.

Entretanto, desde 2012, a ideia geral é que o grupo começou a perder força, principalmente após a prisão de membros do LulzSec, grupo hacker que alardeava seus ataques nas redes sociais e teria sido responsável, entre outras ações, pelo vazamento de dados de um milhão de usuários da PlayStation Network. Integrantes de outros times ligados aos Anonymous, como o Antisec, também acabaram presos por diferentes atos.

De acordo com o site The Next Web, quando contatados, os responsáveis pelo The Unknown Fund disseram ainda não poderem compartilhar informações que comprovem a veracidade do que alegam, bem como o endereço das carteiras de Bitcoins que carregam os US$ 75 milhões a serem usados nos investimentos. O grupo afirma que essa revelação deve acontecer em alguns dias, porém.


Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech: