Mercado abrirá em 6 h 51 min
  • BOVESPA

    107.937,11
    -1.004,57 (-0,92%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    50.890,59
    -708,79 (-1,37%)
     
  • PETROLEO CRU

    83,64
    +0,33 (+0,40%)
     
  • OURO

    1.842,50
    +0,80 (+0,04%)
     
  • BTC-USD

    36.087,52
    +109,62 (+0,30%)
     
  • CMC Crypto 200

    821,53
    +10,93 (+1,35%)
     
  • S&P500

    4.410,13
    +12,19 (+0,28%)
     
  • DOW JONES

    34.364,50
    +99,13 (+0,29%)
     
  • FTSE

    7.297,15
    -196,98 (-2,63%)
     
  • HANG SENG

    24.656,46
    0,00 (0,00%)
     
  • NIKKEI

    27.113,13
    -475,24 (-1,72%)
     
  • NASDAQ

    14.318,50
    -182,50 (-1,26%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,2127
    -0,0160 (-0,26%)
     

Supermercado usa robô autônomo para fazer entregas em São Paulo

·2 min de leitura

A rede de supermercados Enxuto, com mais de 20 lojas instaladas em condomínios na região de Campinas, interior de São Paulo, começou a usar robôs autônomos para fazer entregas. As compras realizadas via WhatsApp são levadas até a casa dos clientes por um carrinho automatizado.

Os primeiros testes práticos foram feitos no condomínio Okinawa, que fica na cidade de Paulínea, a 120 km da capital paulista. Com capacidade para carregar até 35 quilos de uma vez só, o carrinho simpático circula pelo residencial de 700 casas a uma velocidade de até 6 km/h.

“Nos próximos meses, pretendemos expandir a utilização dos robôs-entregadores para mais dez condomínios atendidos por nossa rede. A ideia é automatizar toda a operação, garantido que todo esse processo seja feito por drones terrestres dentro de um ou dois anos”, explica a diretora de marketing Letícia Guilhermino.

Monitoramento em tempo real

Para evitar qualquer tipo de problema — desde uma simples falha de sistema, até algum engraçadinho que queira interferir no trabalho do robô — o carrinho é monitorado em tempo real. Os sensores são programados para desviar de obstáculos e detectar a presença de humanos, carros ou animais durante o trajeto.

O bot é guiado por um sistema integrado que reconhece o caminho a ser seguido e o endereço de cada morador, graças a um mapeamento prévio do condomínio. Para não depender de uma rede Wi-Fi, ele também possui um chip interno que funciona com a frequência da rede 4G disponível.

Entrega garantida

Por enquanto, a porta do carrinho é aberta por uma chave enviada junto ao robô, mas com a evolução do sistema, a ideia é que os clientes possam ter acesso às encomendas utilizando uma senha gerada no ato da compra, garantindo mais privacidade e segurança para quem usa o serviço.

Carrinho-robô usa sensores para encontrar o caminho correto (Imagem: Reprodução/Enxuto)
Carrinho-robô usa sensores para encontrar o caminho correto (Imagem: Reprodução/Enxuto)

Para que as compras sejam entregues pelo robozinho, o morador precisa fazer o pedido pelo app do supermercado. O cliente então recebe uma mensagem informando sobre o tempo de chegada até sua casa, além de um aviso dizendo que as mercadorias geladas ou congeladas serão embaladas em caixas térmicas.

“Nosso robô ou drone terrestre leva os produtos até a porta do consumidor de forma autônoma. Com isso, estamos cada vez mais próximo do cliente, levando a chamada entrega de última milha a outro nível”, encerra o gerente de novos negócios da empresa Carlos Ziegler.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech:

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos