Mercado fechará em 4 h 55 min
  • BOVESPA

    111.742,90
    -2.069,97 (-1,82%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    48.514,34
    -215,46 (-0,44%)
     
  • PETROLEO CRU

    90,82
    +0,32 (+0,35%)
     
  • OURO

    1.761,40
    -9,80 (-0,55%)
     
  • BTC-USD

    21.366,06
    -2.069,47 (-8,83%)
     
  • CMC Crypto 200

    507,24
    -34,36 (-6,34%)
     
  • S&P500

    4.230,11
    -53,63 (-1,25%)
     
  • DOW JONES

    33.730,95
    -268,09 (-0,79%)
     
  • FTSE

    7.561,51
    +19,66 (+0,26%)
     
  • HANG SENG

    19.773,03
    +9,12 (+0,05%)
     
  • NIKKEI

    28.930,33
    -11,81 (-0,04%)
     
  • NASDAQ

    13.281,25
    -242,00 (-1,79%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,2317
    +0,0179 (+0,34%)
     

Superlua do Cervo: veja as melhores fotos do evento desta quarta-feira (13)

Uma superlua iluminou o céu nesta quarta-feira (13), parecendo estar maior e mais brilhante para quem a observou. Isso por que nosso satélite natural chegou à fase cheia perto do ponto de maior proximidade da Terra (o chamado “perigeu”) em sua órbita elíptica, ao redor do planeta.

A fase lunar cheia ocorre quando a Lua e o Sol estão em lados opostos. Já a superlua tem diferentes definições, e uma delas envolve a fase cheia coincidindo com o perigeu; como a Lua orbita a Terra em uma trajetória elíptica, a distância entre ela e nosso planeta muda constantemente.

Quando a Lua chega à fase cheia no perigeu, ocorre uma superlua (Imagem: Reprodução/Ganapathy Kumar/ Unsplash)
Quando a Lua chega à fase cheia no perigeu, ocorre uma superlua (Imagem: Reprodução/Ganapathy Kumar/ Unsplash)

Em média, a distância média entre a Terra e a Lua é de 384.400 km, mas durante esta superlua, nosso satélite ficou a apenas 357.254 km do nosso planeta. Uma curiosidade interessante é que a fase cheia é bem breve, de modo que a Lua já estava na fase minguante durante a noite — só que a sombra dela era tão discreta que mal era perceptível.

Uma superlua pode parecer até 14% maior e 30% mais brilhante, quando comparada a uma lua cheia no apogeu (o ponto de maior distância da Lua em sua órbita). Essas variações são discretas e quase imperceptíveis para nós, mas mesmo assim, vale observar nosso satélite.

Os nomes da superlua de junho

As luas cheias recebem diferentes nomes, que variam de acordo com as culturas. Por exemplo, as tribos Algoquin, do nordeste dos Estados Unidos, chamam esta superlua de “Lua dos Cervos”. O apelido se deve aos jovens cervos na América do Norte, que por lá começam a desenvolver seus chifres no início do verão no hemisfério norte.

Além disso, esta superlua também pode ser chamada de “Lua do Trovão” graças às tempestades desta época. Já na Europa, ela é conhecida como “Lua do Feno” em função da produção da mistura de plantas, realizada entre junho e julho.

Enquanto isso, os povos Tlingit a chamam de “Lua do Salmão”, já que é nesta época que os peixes retornam para o litoral nordeste do Pacífico e marcam o início do período de pesca.

As melhores fotos da Superlua do Cervo

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech:

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos