Mercado abrirá em 1 h 57 min

Supercomputador japonês é o mais rápido do mundo

·1 minuto de leitura
O supercomputador Fugaku, em Kobe, Japão
O supercomputador Fugaku, em Kobe, Japão

Desenvolvido pelo instituto público de pesquisas japonês Riken, em associação com o grupo de informática também japonês Fujitsu, o supercomputador Fugaku foi reconhecido como o mais rápido do mundo - anunciou o instituto em comunicado de imprensa nesta segunda-feira (22).

Fugaku liderou o último ranking divulgado pelo site especializado Top500, destronando o supercomputador americano Summit, projetado pela IBM e instalado no Laboratório Nacional de Física Nuclear, em Oak Ridge (Tennessee).

Summit ocupou o primeiro lugar nas últimas quatro edições do ranking, realizado por esse site de referência e divulgado duas vezes ao ano.

A velocidade do Fugaku (outro nome do monte Fuji em japonês) é aproximadamente 2,8 vezes maior do que a do Summit, ou seja, de 415,53 contra 148,6 petaflops.

Um pentaflop corresponde a um trilhão de operações por segundo.

Fugaku alcançará 100% de seu rendimento em 2021, mas já começou a ser usado para pesquisas sobre a COVID-19.