Mercado fechado
  • BOVESPA

    107.829,73
    -891,85 (-0,82%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    53.335,51
    -713,54 (-1,32%)
     
  • PETROLEO CRU

    77,33
    +0,19 (+0,25%)
     
  • OURO

    1.889,30
    +4,50 (+0,24%)
     
  • BTC-USD

    23.337,48
    +491,74 (+2,15%)
     
  • CMC Crypto 200

    538,97
    +13,02 (+2,47%)
     
  • S&P500

    4.164,00
    +52,92 (+1,29%)
     
  • DOW JONES

    34.156,69
    +265,67 (+0,78%)
     
  • FTSE

    7.864,71
    +28,00 (+0,36%)
     
  • HANG SENG

    21.283,90
    -14,80 (-0,07%)
     
  • NIKKEI

    27.505,98
    -179,49 (-0,65%)
     
  • NASDAQ

    12.756,50
    -20,25 (-0,16%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,5782
    +0,0011 (+0,02%)
     

Super-heróis do DCU e Batverso vão seguir separados no cinema

Uma reunião entre o diretor Matt Reeves e os CEOs da DC Studios James Gunn e Peter Safran vai definir o futuro não só do Universo Cinematográfico da DC (DCU, na sigla em inglês), mas também o futuro do Batman dentro dele. E antes mesmo que o encontro aconteça, uma coisa já parece ter sido definida: o Homem-Morcego vai seguir em histórias próprias e isolado dos demais heróis.

Esse cenário é algo que já vinha sendo especulado desde que a Warner passou a reformular suas adaptações de quadrinhos, mas que parece ter finalmente ganhado forma a ponto de estar prestes a ser oficializado. Assim, devemos ver o DCU sendo reconstruído com os outros heróis enquanto o Cavaleiro das Trevas segue dando continuidade ao que foi mostrado em The Batman e criando seu próprio Batverso a partir de produções derivadas.

Batman de RObert Pattinson vai seguir independente do DCU e suas reformulações (Imagem: Divulgação/Warner Bros)
Batman de RObert Pattinson vai seguir independente do DCU e suas reformulações (Imagem: Divulgação/Warner Bros)

A informação foi confirmada pelo próprio diretor Matt Reeves, que falou ao site Collider sobre como essa dinâmica vai funcionar. Segundo ele, a ideia é mesmo fazer com que esse universo do Homem-Morcego seja contido em si próprio, sem ser impactado pelos demais acontecimentos que os outros filmes e séries do DCU apresentem.

Isso significa, na prática, que as únicas histórias que vão valer para esse Batverso é o próprio The Batman, lançado em 2022, e sua sequência já confirmada, assim como as séries do Pinguim e outras que podem ser desenvolvidas no futuro.

E é nesse contexto que a tal reunião deve acontecer. Conforme antecipa Reeves, a ideia é tanto saber qual o plano que o DCU vai traçar para os próximos anos como também mostrar o que está sendo planejado para o Batman. A ideia é colocar as cartas na mesa para evitar que haja pontos de contato ou mesmo conflitos em relação a tramas e personagens.

A expectativa é que, a partir desse encontro, a gente possa saber se vamos ter dois Batman coexistindo nos cinemas. Se a ideia é evitar que o DCU e o Batverso entrem em rota de colisão, há uma chance de que James Gunn e Peter Safran estejam planejando inserir sua própria versão do Cavaleiro das Trevas nesse universo compartilhado. Até o momento, porém, não há nada confirmado nesse sentido.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech: