Mercado abrirá em 4 h 27 min
  • BOVESPA

    113.583,01
    +300,34 (+0,27%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    51.598,53
    +492,82 (+0,96%)
     
  • PETROLEO CRU

    76,30
    +0,85 (+1,13%)
     
  • OURO

    1.740,10
    -11,90 (-0,68%)
     
  • BTC-USD

    41.718,96
    -2.175,59 (-4,96%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.034,35
    -67,16 (-6,10%)
     
  • S&P500

    4.443,11
    -12,37 (-0,28%)
     
  • DOW JONES

    34.869,37
    +71,37 (+0,21%)
     
  • FTSE

    7.018,96
    -44,44 (-0,63%)
     
  • HANG SENG

    24.500,39
    +291,61 (+1,20%)
     
  • NIKKEI

    30.183,96
    -56,10 (-0,19%)
     
  • NASDAQ

    14.987,50
    -207,25 (-1,36%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,2839
    -0,0229 (-0,36%)
     

Sul América faz proposta para comprar Grupo HB Saúde por R$485 mi

·1 minuto de leitura

(Reuters) - A Sul América apresentou uma proposta vinculante não solicitada para a aquisição de até 100% do capital do Grupo HB Saúde por 485 milhões de reais, segundo fato relevante da companhia enviado à Comissão de Valores Mobiliários (CVM) na noite de segunda-feira.

O Grupo HB Saúde possui uma carteira de cerca de 129 mil beneficiários de planos de saúde e 25 mil beneficiários de planos odontológicos. Em 2020, registrou receitas de aproximadamente 300 milhões de reais, segundo o comunicado da Sul América.

O grupo é constituído por uma operadora de saúde, um hospital, oito unidades ambulatoriais, uma clínica infantil, centros clínicos e de diagnóstico, espaços de medicina preventiva, ocupacional e centro oncológico, localizados principalmente em São José do Rio Preto (SP) e Mirassol (SP).

A transação, segundo a Sul América, está condicionada à aprovação dos acionistas da HB Saúde em assembleia geral extraordinária e a consequente alienação por acionistas detentores de, pelo menos, 50% mais uma ação do capital votante e total da companhia.

Também depende, após a conclusão da auditoria habitual para esse tipo de operação, da celebração de contrato de compra e venda que conterá, dentre outras disposições pertinentes, determinadas condições precedentes usuais, incluindo a necessidade de aprovação prévia dos órgãos reguladores.

(Por Paula Arend Laier; Edição de Eduardo Simões)

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos