Mercado abrirá em 15 mins
  • BOVESPA

    121.113,93
    +412,93 (+0,34%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    48.726,98
    +212,88 (+0,44%)
     
  • PETROLEO CRU

    63,17
    +0,04 (+0,06%)
     
  • OURO

    1.777,40
    -2,80 (-0,16%)
     
  • BTC-USD

    56.771,93
    +3.111,39 (+5,80%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.288,38
    -103,33 (-7,42%)
     
  • S&P500

    4.185,47
    +15,05 (+0,36%)
     
  • DOW JONES

    34.200,67
    +164,67 (+0,48%)
     
  • FTSE

    7.014,00
    -5,53 (-0,08%)
     
  • HANG SENG

    29.106,15
    +136,44 (+0,47%)
     
  • NIKKEI

    29.685,37
    +2,00 (+0,01%)
     
  • NASDAQ

    13.966,50
    -63,00 (-0,45%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,7185
    +0,0324 (+0,48%)
     

Sucessor do Nokia 8.3 5G é esperado com chip inédito da Qualcomm e 5 câmeras

Diego Sousa
·2 minuto de leitura

O ano de 2020 não foi muito interessante para a Nokia no que diz respeito a lançamentos de celulares — o topo de linha Nokia 9.3 PureView, por exemplo, estava previsto o começo do ano passado e acabou nem chegando ao mercado. Mas parece que as coisas devem mudar em 2021, a começar pela oficialização de um intermediário premium bem interessante.

De acordo com informações exclusivas obtidas pelo site NokiaPowerUser, a HMD Global prepara o lançamento do sucessor do Nokia 8.3 5G, o primeiro aparelho da marca compatível com a nova rede. O novo aparelho seria equipado com o ainda não anunciado Snapdragon 775 5G da Qualcomm, nova versão da série Snapdragon 700.

Rumores anteriores sugeriram que o chip seria fabricado em 5 nanômetros (nm), assim como o topo de linha Snapdragon 888, e funcionaria com memórias RAM nos padrões LPDDR5 (3,2 GHz) e LPDDR4X (2,4 GHz) e armazenamento em flash UFS 3.1, características presentes em praticamente todos os smartphones premium atuais. Além disso, o SD775 suportaria vídeos em até 4K a 60 quadros por segundo.

Outra novidade do novo aparelho estaria no departamento de câmeras, com a presença de um conjunto quíntuplo na traseira liderado por um sensor de 108 MP desenvolvido pela ZEISS. A fonte diz, ainda, que os outros quatro sensores teriam lentes ultrawide, macro, telefoto e profundidade, esta última para auxiliar no famoso modo retrato.

Nokia 8.3 5G foi o 1º celular da Nokia com 5G (Imagem: Reprodução/Nokia)
Nokia 8.3 5G foi o 1º celular da Nokia com 5G (Imagem: Reprodução/Nokia)

Quando o assunto é tela, espera-se que o sucessor do Nokia 8.3 5G traga um display Quad HD+ com tecnologia PureDisplay V4, embora não seja muito comum essa resolução num smartphone intermediário. O aparelho traria, ainda, 120 Hz de taxa de atualização para navegação e jogos mais fluidos.

Infelizmente, ainda não há informações sobre qual será o nome do novo intermediário, considerando os rumores de que a HMD/Nokia estaria pensando em adotar uma nova nomenclatura na sua linha de smartphones. Recentemente, um aparelho mais básico da empresa recebeu certificação em diversos órgãos reguladores sob o nome "Nokia G10" — isso mesmo, semelhante ao adotado pela Motorola nos novos produtos da linha Moto G.

De qualquer maneira, o sucessor do Nokia 8.3 5G é esperado apenas para o segundo semestre de 2021, portanto em breve deve sair mais informações sobre a nova linha.

Review do Nokia 5.3

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech: