Mercado fechado
  • BOVESPA

    110.786,43
    +113,67 (+0,10%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    52.298,20
    -104,50 (-0,20%)
     
  • PETROLEO CRU

    84,25
    +0,38 (+0,45%)
     
  • OURO

    1.783,40
    -1,50 (-0,08%)
     
  • BTC-USD

    66.003,14
    +2.009,02 (+3,14%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.538,50
    +57,70 (+3,90%)
     
  • S&P500

    4.536,19
    +16,56 (+0,37%)
     
  • DOW JONES

    35.609,34
    +152,03 (+0,43%)
     
  • FTSE

    7.223,10
    +5,57 (+0,08%)
     
  • HANG SENG

    26.136,02
    +348,81 (+1,35%)
     
  • NIKKEI

    29.255,55
    +40,03 (+0,14%)
     
  • NASDAQ

    15.348,50
    -29,00 (-0,19%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,5196
    +0,0234 (+0,36%)
     

Subsistema do Linux para Windows está liberado na Microsoft Store do Windows 11

·2 minuto de leitura

A Microsoft disponibilizou nesta segunda-feira (11) uma versão prévia do Windows Subsystem for Linux (WSL) na Microsoft Store para dispositivos com o Windows 11. A empresa decidiu produzir o WSL de forma independente ao sistema operacional para possibilitar atualizações mais frequentes, independentemente dos updates do Windows.

Embora seja uma versão experimental, o subsistema já traz diversos novos recursos, como o kernel Linux atualizado para a versão 5.10.60.1 e com o WSLg, um componente que permite executar apps de Linux no próprio Windows. Antes, era um pouco complicado para configurá-lo de forma efetiva, mas a versão nova passa a ser parte do app, o que deve tornar tudo mais simplificado.

O WSL está liberado em versão prévia para testes (Imagem: Captura de tela/Canaltech)
O WSL está liberado em versão prévia para testes (Imagem: Captura de tela/Canaltech)

Algo a ser considerado é que esta versão inicial não tem suporte ao WSL 1 original, portanto qualquer distro Linux não atualizada para o WSL 2 precisará da instalação extra por meio do app Configurações. É possível, contudo, usar as duas versões de modo simultâneo, o que não deve ser um grande problema para que já lida com o sistema de código aberto.

A Microsoft possivelmente deve resolver reclamações dos usuários ao integrar as duas versões, com foco em fazer o WSL 2 menos bugado e cada vez mais otimizado para tornar-se uma versão definitiva.

Android à caminho?

A chegada do Subsistema pode ser um indício de que os apps de Android para Windows podem estar logo ali na esquina, já que o recurso é baseado no WSL. Essa seria uma solução rápida e eficaz para tornar as aplicações móveis liberadas no Windows 11 sem precisar de uma atualização completa do sistema operacional.

Testes iniciais mostraram que o desempenho do Linux rodando no Windows 11 pode ser até mais rápido que o sistema nativo. Segundo o benchmark, mesmo dentro do Windows, os Ubuntu 20.04 e 21.10 conseguiram rodar de forma bastante satisfatória, com desempenho superior em vários cenários — o mesmo vale para as aplicações do Android.

Caso queira experimentar, você pode baixar o preview do WSL direto na Microsoft Store ou ao clicar neste link, desde que esteja em um dispositivo com o Windows 11.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech:

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos