Mercado abrirá em 56 mins
  • BOVESPA

    126.285,59
    +1.673,56 (+1,34%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    51.344,11
    +433,58 (+0,85%)
     
  • PETROLEO CRU

    72,83
    +0,44 (+0,61%)
     
  • OURO

    1.829,70
    +25,10 (+1,39%)
     
  • BTC-USD

    39.645,33
    -1.003,78 (-2,47%)
     
  • CMC Crypto 200

    930,98
    +1,06 (+0,11%)
     
  • S&P500

    4.400,64
    -0,82 (-0,02%)
     
  • DOW JONES

    34.930,93
    -127,59 (-0,36%)
     
  • FTSE

    7.084,17
    +67,54 (+0,96%)
     
  • HANG SENG

    26.315,32
    +841,44 (+3,30%)
     
  • NIKKEI

    27.782,42
    +200,76 (+0,73%)
     
  • NASDAQ

    14.993,25
    -18,25 (-0,12%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,0388
    -0,0197 (-0,33%)
     

Subsidiária da CTG Brasil emite R$845 mi em debêntures; visa modernizar hidrelétricas

·1 minuto de leitura
Torre de transmissão de energia elétrica

SÃO PAULO (Reuters) - A elétrica Rio Paraná Energia, subsidiária da CTG Brasil, concluiu uma emissão de 845 milhões de reais em debêntures, informou nesta quinta-feira a companhia, indicando que a maior parte do montante será destinada a melhorias em usinas hidrelétricas.

De acordo com a empresa, ligada à chinesa CTG, a segunda etapa de modernização das usinas de Ilha Solteira e Jupiá receberá 650 milhões de reais provenientes da captação, em debêntures de infraestrutura com vencimento em 10 anos e remuneração de IPCA + 4,6279% ao ano.

O restante do valor captado tem vencimento em três anos, com rendimento equivalente ao CDI + 1,20% ao ano, acrescentou a elétrica.

"O sucesso dessa captação demonstra o reconhecimento do nosso potencial pelo mercado, fortalece nossos negócios no longo prazo e permite avançar nas etapas de modernização dos ativos de Ilha Solteira e Jupiá", disse em nota o vice-presidente de Finanças e Relações com Investidores da CTG Brasil, Carlos Carvalho.

O processo de melhoria das usinas foi iniciado em 2017 e possui investimento previsto de 3 bilhões de reais. A segunda etapa do projeto, a ser financiada por parte das debêntures, inclui a modernização de oito unidades geradoras --quatro em cada hidrelétrica--, sistemas auxiliares elétricos e mecânicos e a implantação de um novo Centro de Operação da Geração.

(Por Gabriel Araujo)

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos