Mercado abrirá em 4 h 26 min
  • BOVESPA

    129.264,96
    +859,61 (+0,67%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    50.315,69
    -3,88 (-0,01%)
     
  • PETROLEO CRU

    73,26
    -0,40 (-0,54%)
     
  • OURO

    1.776,90
    -6,00 (-0,34%)
     
  • BTC-USD

    32.158,43
    -984,73 (-2,97%)
     
  • CMC Crypto 200

    767,78
    -82,57 (-9,71%)
     
  • S&P500

    4.224,79
    +58,34 (+1,40%)
     
  • DOW JONES

    33.876,97
    +586,89 (+1,76%)
     
  • FTSE

    7.077,90
    +15,61 (+0,22%)
     
  • HANG SENG

    28.309,76
    -179,24 (-0,63%)
     
  • NIKKEI

    28.884,13
    +873,20 (+3,12%)
     
  • NASDAQ

    14.087,25
    -42,75 (-0,30%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,9719
    -0,0034 (-0,06%)
     

Sua voz, e não o gato, é maior desafio em uma reunião virtual

·1 minuto de leitura

(Bloomberg) -- As reuniões virtuais se tornaram onipresentes desde o início da Covid-19, gerando novas ansiedades para funcionários e executivos. O paletó está cobrindo a calça de moletom? Será que as crianças ou o gato interromperam a reunião?

Acontece que, se você é uma mulher, como sua voz é ouvida pode ser uma preocupação maior.

Uma nova pesquisa em plataformas de videoconferência revela que serviços como Zoom, Skype e Teams não transmitem todos os sons igualmente bem. As vozes são comprimidas e nem todas as frequências sobrevivem intactas ao processo, de acordo com Oliver Niebuhr, professor associado do Centro de Eletrônica Industrial da Syddansk Universitet, e Ingo Siegert, professor assistente da University of Magdeburg.

Particularmente afetadas são as vozes das mulheres, que acabam soando menos expressivas e, portanto, menos carismáticas do que as dos homens, disseram os pesquisadores. Conexões ruins de internet pioram o efeito, segundo eles, que pediram que a tecnologia fosse melhorada.

A recomendação é feita em meio a sinais de que as empresas continuarão a realizar reuniões virtuais mesmo após a reabertura das economias.

“Se você quer convencer uma pessoa de algo, então é essencial que você pareça carismático. Você precisa ter toda a atenção dessa pessoa”, disse Niebuhr. “Nossa voz é extremamente importante nesse contexto -- especialmente em um contexto onde a linguagem corporal é retirada da equação, como ocorre em uma videoconferência.”

More stories like this are available on bloomberg.com

Subscribe now to stay ahead with the most trusted business news source.

©2021 Bloomberg L.P.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos