Mercado fechado
  • BOVESPA

    115.202,23
    +2.512,23 (+2,23%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    46.342,54
    +338,34 (+0,74%)
     
  • PETROLEO CRU

    66,28
    +0,19 (+0,29%)
     
  • OURO

    1.698,20
    -0,30 (-0,02%)
     
  • BTC-USD

    50.074,93
    +1.670,95 (+3,45%)
     
  • CMC Crypto 200

    982,93
    +39,75 (+4,21%)
     
  • S&P500

    3.841,94
    +73,47 (+1,95%)
     
  • DOW JONES

    31.496,30
    +572,20 (+1,85%)
     
  • FTSE

    6.630,52
    -20,36 (-0,31%)
     
  • HANG SENG

    29.098,29
    -138,51 (-0,47%)
     
  • NIKKEI

    28.864,32
    -65,78 (-0,23%)
     
  • NASDAQ

    12.652,50
    -11,25 (-0,09%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,7780
    -0,0079 (-0,12%)
     

Suíços tem recorde de exportação de queijos motivada pela pandemia

·1 minuto de leitura
Um casal saboreia um fondue, o amado prato nacional suíço de queijo derretido com vinho branco em uma panela "caquelon" aquecida por uma chama aberta em uma antiga gôndola de esqui no Restaurante Marzilibruecke em Berna, em 16 de novembro de 2020. O queijo ganhou destaque no país, depois de bater o recorde de exportação, motivado pelas medidas restritivas da pandemia do coronavírus.

As exportações de queijos suíços alcançaram um recorde em 2020, impulsionadas pelo entusiasmo com a cozinha durante os confinamentos e as restrições sanitárias, anunciou na terça-feira (2) a organização profissional Switzerland Cheese Marketing.

A Suíça exportou 77.124 toneladas de queijo, o que significa um aumento de 1,6% no volume com relação ao ano anterior, indicou um comunicado.

O valor das exportações aumentou 3,9%, até 693,8 milhões de francos suíços (mais de 900 milhões de dólares).

"Apesar das difíceis condições econômicas vinculadas à pandemia do coronavírus, o nível de exportação de 2019, (que foi) ano recorde, foi superado mais uma vez", comemorou a organização.

"O fechamento dos restaurantes, o teletrabalho, mas também as restrições em termos de lazer obrigaram-nos a ficar mais tempo em casa", o tempo à mesa torna-se um momento de "partilha e convívio" favorável ao consumo de queijos, disse Christa Wettstein, porta-voz da organização, em um e-mail para à AFP.

noo/apo/pcm/mab/mb/gf/mvv