Mercado fechará em 17 mins
  • BOVESPA

    119.544,12
    -20,32 (-0,02%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    48.897,98
    +498,18 (+1,03%)
     
  • PETROLEO CRU

    64,79
    -0,84 (-1,28%)
     
  • OURO

    1.814,50
    +30,20 (+1,69%)
     
  • BTC-USD

    55.860,19
    -1.350,36 (-2,36%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.449,48
    -21,93 (-1,49%)
     
  • S&P500

    4.188,43
    +20,84 (+0,50%)
     
  • DOW JONES

    34.464,58
    +234,24 (+0,68%)
     
  • FTSE

    7.076,17
    +36,87 (+0,52%)
     
  • HANG SENG

    28.637,46
    +219,46 (+0,77%)
     
  • NIKKEI

    29.331,37
    +518,77 (+1,80%)
     
  • NASDAQ

    13.522,00
    +31,00 (+0,23%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,3749
    -0,0520 (-0,81%)
     

Suíça busca profissionais para dobrar produção da Moderna

Catherine Bosley e Corinne Gretler
·1 minuto de leitura

(Bloomberg) -- Com a tentativa de dobrar a produção da vacina contra a Covid-19 da Moderna na Suíça para 600 milhões de doses, autoridades buscam profissionais qualificados em todos os lugares, de universidades a empresas como a Nestlé.

A Lonza Group produz ingredientes essenciais para o imunizante da Moderna na cidade alpina de Visp, que é mais conhecida por um residente famoso, o ex-presidente da FIFA Sepp Blatter. Com a crescente demanda global por vacinas e campanhas de imunização prejudicadas por atrasos nas entregas, o governo suíço tem ajudado a Lonza no recrutamento e empresas se preparam para emprestar empregados.

“Este é um desafio de toda a indústria durante esta época de demanda global urgente para o fornecimento de vacinas”, disse um porta-voz da Lonza. “Agradecemos muito este apoio e engajamento, que mostra como empresas de diferentes setores estão se unindo para compartilhar habilidades complementares.”

A universidade EPFL de Lausanne confirmou que está ajudando na busca, enquanto o jornal Tages-Anzeiger informou que fabricantes de queijo poderiam ser contratados para trabalhar na produção, devido à experiência em ambientes que exigem higiene.

A Nestlé, fabricante das barras KitKat e cápsulas de café Nespresso, perguntou aos funcionários se querem ser voluntários, segundo a emissora estatal RTS.

“Apoiamos uma distribuição ampla e equitativa de vacinas contra a Covid-19 no mundo todo e continuamos a buscar maneiras de desempenhar um papel neste esforço”, disse a empresa em comunicado.

O governo suíço está sob pressão para acelerar a campanha de imunização e também foi criticado por não dar seguimento a uma proposta de investimento da Lonza.

For more articles like this, please visit us at bloomberg.com

Subscribe now to stay ahead with the most trusted business news source.

©2021 Bloomberg L.P.