Mercado fechará em 1 h 28 min
  • BOVESPA

    119.304,11
    -260,33 (-0,22%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    48.887,85
    +488,05 (+1,01%)
     
  • PETROLEO CRU

    64,69
    -0,94 (-1,43%)
     
  • OURO

    1.813,90
    +29,60 (+1,66%)
     
  • BTC-USD

    56.678,35
    -696,79 (-1,21%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.471,53
    +0,12 (+0,01%)
     
  • S&P500

    4.169,29
    +1,70 (+0,04%)
     
  • DOW JONES

    34.334,34
    +104,00 (+0,30%)
     
  • FTSE

    7.076,17
    +36,87 (+0,52%)
     
  • HANG SENG

    28.637,46
    +219,46 (+0,77%)
     
  • NIKKEI

    29.331,37
    +518,77 (+1,80%)
     
  • NASDAQ

    13.503,50
    +12,50 (+0,09%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,3727
    -0,0542 (-0,84%)
     

Streamings piratas de futebol ao vivo ameaçam usuários com golpe de Bitcoin

Júlia V. Kurtz
·2 minuto de leitura
Streamings piratas de futebol ao vivo ameaçam usuários com golpe de Bitcoin

Serviços de streaming piratas que transmitem partidas de futebol estão sendo usados para roubar dados de usuários, segundo a empresa de segurança Webroot.

Um relatório divulgado pela companhia aponta que 92% dos sites de streaming ilegal possuem algum tipo de malware, phishing ou outro tipo de conteúdo malicioso.

Segundo a Webroot, qualquer pessoa que usou estes serviços corre o risco de ter sido exposta a esses conteúdos. Um golpe sofisticado, criado para roubar dados bancários usando criptomoedas foi detectado em sites que transmitiram a Copa Carabao ou jogos de equipes europeias.

Segundo o pesquisador senior de ameaças da Webroot, Kevin Murray,

“O nível de sofisticação e os detalhes por trás do golpe envolvendo Bitcoin que nós encontramos é uma prova de que estamos lidando com uma operação criminosa bem pensada e com recursos. Estes sites são construídos com o propósito de enganar usuários e fazê-los clicar em algo perigoso – seja um golpe, um app falso ou exibindo conteúdo duvidoso”.

Outras ações encontradas foram mecanismos para controlar o navegador, manipulando resultados de buscas e habilitando notificações push com propagandas para mais conteúdo malicioso.

Para a Webroot, o crescimento deste tipo de golpe tem a ver com o aumento da procura por serviços ilegais, o que por sua vez ocorre devido aos custos crescentes dos usuários para ter acesso a todos os jogos, uma vez que diferentes partidas são exibidas por diferentes plataformas.

A empresa reforça que muitos dos golpes podem ser evitados como uso de VPNs e ferramentas antivírus, mas nenhum usuários jamais está 100% protegido. “Esses sites de streaming ilegais são um labirinto de golpes, malwares e conteúdo perigoso. Não há forma segura de usá-los sem se colocar em risco”, afirma Murray.

O artigo Streamings piratas de futebol ao vivo ameaçam usuários com golpe de Bitcoin foi visto pela primeira vez em BeInCrypto.