Mercado fechado

STF investiga ameaças de Roberto Jefferson na internet

Roberto Jefferson publica foto segurando arma

O STF (Supremo Tribunal Federal) investiga Roberto Jefferson por crimes contra a honra e a segurança nacional por ameaças feitas na internet.

Segundo a revista Época, o gabinete do ministro Alexandre de Moraes enviou para a defesa de Jefferson autos com reproduções de tweets e entrevistas do presidente do PTB contra a casa do Judiciário.

O Supremo citou contra Jefferson os crimes de calúnia, injúria e difamação, com base no Código Penal.

Outros quatro crimes são previstos na Lei de Segurança Nacional: impedir com grave ameaça o livre exercício dos Poderes; fazer propaganda pública de guerra; incitar a luta com violência entre as classes; e caluniar o STF.

Roberto Jefferson também é alvo de operação da PF (Polícia Federal) no inquérito das fake news, também conduzido por Alexandre de Moraes.