Mercado abrirá em 6 h 36 min

STF decreta prisão de blogueiro bolsonarista Oswaldo Eustáquio

·1 minuto de leitura
Oswaldo Eustáquio chamou um pastor para abençoar sua tornozeleira eletrônica (Foto: Reprodução/Twitter)
Oswaldo Eustáquio chamou um pastor para abençoar sua tornozeleira eletrônica (Foto: Reprodução/Twitter)

O Supremo Tribunal Federal decretou a prisão do blogueiro bolsonarista Oswaldo Eustáquio. A decisão foi tomada pelo ministro Alexandre de Moraes, motivada pela violação de prisão domiciliar.

Ele é investigado pela participação em atos antidemocráticos que pediam o fechamento do Supremo Tribunal Federal e do Congresso Nacional. Eustáquio usa tornozeleira eletrônica.

Eustáquio estava proibido pelo STF de ir à Esplanada dos Ministérios e também não poderia sair de casa sem autorização da Justiça. No entanto, no último dia 15, o blogueiro esteve no Ministério da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos para tentar falar com a ministra Damares Alves.

Segundo informações da CNN Brasil, a ministra não recebeu Eustáquio e ele ficou quatro horas esperando Damares. Foi o próprio ministério que informou a Justiça de que o apoiador do presidente Jair Bolsonaro estava no local.

Ele anunciou nas redes sociais que iria até o ministério de Damares. Ele também estava proibido de fazer postagens na internet.

Leia também

A pasta pergunto à Justiça se Oswaldo Eustáquio tinha pedido autorização para ir ao local. A Vara de Execuções Penais informou que não. A Justiça do Distrito Federal informou o STF e a Procuradoria-Geral da República e pediu a prisão preventiva. Dessa forma, não há um prazo para que Eustáquio seja libertado.

Moraes, em sua decisão, afirma que não foi a única vez em que Oswaldo Eustáquio descumpriu a prisão domiciliar. Em quatro ocasiões, o blogueiro disse que a tornozeleira eletrônica estava descarregada.

Durante a campanha municipal em São Paulo, Oswaldo Eustáquio publicou notícias falsas sobre o candidato do PSOL, Guilherme Boulos. A Justiça Eleitoral ordenou que o conteúdo fosse excluído do canal do YouTube do blogueiro.